JORNALISMO NAS AMERICAS

Blog de Notícias

Um grupo de moradores da Villa 31, uma populosa favela no centro de Buenos Aires, na Argentina, criou um canal de televisão que busca mostrar os problemas e as necessidades do bairro, informa a agência EFE. leia mais »

Circula hoje a última edição impressa do Jornal do Brasil, um dos mais antigos diários do país. A partir de quarta-feira, 1 de setembro, o jornal terá somente uma versão online. leia mais »

Outras notícias relacionadas:
» A nova fase digital do Jornal do Brasil (Jornal do Brasil)
» Jornal do Brasil: Nota de falecimento (Observatório da Imprensa)

Em mais um capítulo das disputas envolvendo o governo argentino e os dois principais jornais do país, Clarín e La Nación, o Executivo apresentou na noite de sexta-feira, 27 de agosto, um projeto de lei declarando de “utilidade pública” a produção, a distribuição e a comercialização de papel para jornais, informou a agência oficial de notícias Télam. leia mais »

Reconhecidos por vítimas e familiares em imagens de jornais, revistas e na televisão, três delegados da Polícia Civil de São Paulo são acusados, em uma ação do Ministério Público Federal (MPF), de participar diretamente de atos de tortura, abuso sexual, desaparecimentos forçados e homicídios durante o regime militar (1964-1985), informou o MPF. leia mais »

Um jornalista condenado à prisão pela acusação de fazer propaganda caluniosa e ofensiva contra a honra de Osmar Calenge, candidato à prefeitura de Lagoa Santa, em Minas Gerais, nas eleições municipais de 2004, entrou com um pedido de habeas corpus no Supremo T leia mais »

O jornalista paraguaio Rosendo Duarte, correspondente do jornal ABC na cidade de Salto del Guairá, na fronteira com o Brasil, foi ameaçado em um programa de rádio na quarta-feira, 25 de agosto, informou o diário. leia mais »

O ministro Ayres Britto, do Supremo Tribunal Federal (STF), concedeu uma liminar na noite de quinta-feira, 26 de agosto, suspendendo a censura ao humor na campanha eleitoral no Brasil. leia mais »

Um dia depois da presidente da Argentina, Cristina Kirchner, anunciar que irá processar os jornais Clarín e La Nación por crimes na compra da fábrica de papel-jornal Papel Prensa, durante a ditadura militar (1976-1983), os dois jornais e o governo entraram em uma guerra de depoimentos contraditórios sobre a transação. leia mais »

Outras notícias relacionadas:
» Prensados (em inglês) (The Economist)
» Projeto de lei que regulará administração de papel para jornais entra hoje no Senado (em espanhol) (Télam)

A Associação Brasileira das Emissoras de Rádio e Televisão (Abert) decidiu questionar no Supremo Tribunal Federal (STF) duas restrições da lei eleitoral: o trecho que proíbe piadas com políticos e outro que impede as emissoras de difundir opinião sobre os candidatos ou partidos durante a campanha. leia mais »

A presidente da Argentina, Cristina Kirchner, anunciou que os advogados da União vão entrar com uma ação na Justiça acusando os dois maiores jornais do país, Clarín e La Nación, de se apropriarem ilegalmente da fábrica de papel-jornal Papel Prensa durante a ditadura militar (1976-1983), relataram a agência oficial de notícias Télam e a Agência Estado. O anúncio foi feito na noite de terça-feira, 24 de agosto, em um ato na Casa Rosada, a sede do Poder Executivo. leia mais »

Outras notícias relacionadas:
» Os autores do relatório sobre a Papel Prensa: presente e passado de dois funcionários polêmicos (em espanhol) (La Nación)

O Ministério Público Federal abriu um inquérito civil público para investigar como a imprensa do Mato Grosso do Sul teve acesso a documentos que comprovam o uso de um sistema de gravação em vídeo no Presídio Federal de Segurança Máxima de Campo Grande, como parte de investigações criminais, informou o Campo Grande News.

Segundo o site, os veículos de comunicação do Estado foram notificados a prestar informação sobre como tiveram acesso aos documentos sigilosos. leia mais »

Um grande elenco de humoristas se reuniu no domingo, 22 de agosto, na praia de Copacabana, no Rio de Janeiro, para uma passeata contra a lei que proíbe sátiras e piadas com candidatos durante a campanha eleitoral no Brasil, relata O Globo.

Os participantes levavam cartazes tachando a proibição de censura. Recentemente, eles também iniciaram uma onda de protestos nas redes sociais pedindo mudanças na lei eleitoral, diz O Globo. leia mais »

O governo argentino apresentou na terça-feira, 24 de agosto, um relatório de mais de 20 mil páginas acusando os donos dos principais jornais do país de envolvimento em crimes de lesa-humanidade cometidos durante a ditadura militar (1976-1983), relataram O Estado de S. Paulo e a agência de notícias Telam. leia mais »

Outras notícias relacionadas:
» Governo argentino revoga licença do grupo Clarín para serviços na internet (Centro Knight)
» Lógica binária (opinião, em espanhol) (Perfil)

O primeiro debate presidencial online no Brasil, promovido pela Folha de S. Paulo e o portal Uol, registrou um marco expressivo de audiência. O debate foi transmitido ao vivo na quarta-feira, 18, e ainda está disponível online para quem quiser assisti-lo. Desde então, a Folha já registrou mais de 1,7 milhão de acessos ao debate. O número é 23% maior que o relativo à transmissão ao vivo, explica o jornal. leia mais »

Os três principais candidatos à Presidência da República no Brasil, Dilma Rousseff (PT), José Serra (PSDB) e Marina Silva (PV), assinaram esta semana a Declaração de Chapultepec – uma carta internacional de princípios, firmada no México, em 1994, que protege a liberdade de imprensa e de informação – durante o congresso da Associação Brasileira leia mais »

A presidente da Associação Nacional de Jornais (ANJ), Judith Brito, anunciou na quinta-feira que a entidade vai criar um conselho de autorregulamentação do setor, informou o iG. O conselho pode começar a funcionar até o fim do ano. leia mais »

O governo argentino anunciou nesta quinta-feira que revogou a licença da Fibertel, empresa do conglomerado de comunicação Clarín, para prestação de serviços de internet, informou o jornal El Tiempo. leia mais »

Durante a onda de violência no Quênia após as eleições de 2008, um grupo de amigos criou um sistema pelo qual pessoas de diversas partes do país podiam compartilhar online notícias sobre agressões e assassinatos, enviadas em tempo real pela internet ou por celular. O Ushahidi (testemunha, em swahilli) virou um sucesso de cobertura participativa de acontecimentos importantes no mundo inteiro, e chega agora ao Brasil pelo Eleitor 2010 – um instrumento inédito de fiscalização das eleições. leia mais »

Outras notícias relacionadas:
» Software africano faz sucesso no mundo e agora ajuda eleitores a denunciar corrupção eleitoral (Carlos Castilho - Código Aberto)
» Mapeando um futuro melhor (em inglês) (The Economist)

Apesar dos efeitos da crise econômica global e da migração de leitores para as plataformas online, a circulação dos jornais impressos crescerá pelos próximos cinco anos na América Latina – sobretudo no Brasil, no Chile e na Argentina, afirma um estudo da Pricewaterhouse Coopers citado pelo jornal La Nación. leia mais »

A briga entre o governo da Argentina e o maior conglomerado de mídia do país está recrudescendo. O CEO do grupo Clarín, Héctor Magnetto, afirmou que pode vir a ser preso e denunciou que, em meio a uma série de pressões oficiais, sua filha mais velha recebeu ameaças de morte em duas ocasiões, informou o jornal Perfil. leia mais »

Outras notícias relacionadas:
» Kirchner: tenho pena dos dirigentes que vão se reunir com Magnetto (em espanhol) (La Nación)
» Até 2008, os Kirchner mimavam Héctor Magnetto: o que aconteceu? (em espanhol) (Asteriscos)
» Héctor Magnetto, o homem mais odiado por Néstor Kirchner (em espanhol) (Infolatam)