JORNALISMO NAS AMERICAS

Blog de Notícias

Pesquisador do WikiLeaks é detido e interrogado em aeroporto nos Estados Unidos


Jacob Appelbaum, pesquisador voluntário de assuntos de segurança do WikiLeaks - o site responsável pela divulgação, na semana passada, de mais de 91 mil documentos classificados sobre a guerra no Afeganistão – foi detido por oficiais americanos no aeroporto de Newark, em New Jersey, e interrogado sobre seu envolvimento com o site, informou o jornal The Independent. Os documentos e recibos de Appelbaum foram fotocopiados, diz o jornal.

O pesquisador tem representado o editor do WikiLeaks, Julian Assange, em eventos nos Estados Unidos, pois Assange teme ser preso caso entre no país.

Segundo o site CNET, os oficiais disseram a Appelbaum que ele foi selecionado aleatoriamente para uma averiguação - mas fizeram perguntas sobre a opinião dele a respeito das guerras no Afeganistão e no Iraque e sobre a localização de Assange, além de confiscar seus telefones celulares. Appelbaum foi solto depois do interrogatório, a tempo de pegar um voo que fazia conexão em Newark.