Knight Center
Knight Center

NOTICIAS DO CENTRO KNIGHT

Meios tradicionais e nativos digitais se encontraram no Colóquio Ibero-americano de Jornalismo Digital


Pelo nono ano consecutivo, jornalistas da América Latina, Espanha e Estados Unidos se reuniram após a conclusão do Simpósio Internacional de Jornalismo Online (ISOJ, na sigla em inglês) para discutir as tendências, desafios e histórias de sucesso do jornalismo digital na região no 9o Colóquio Ibero-americano de Jornalismo Digital.

O Colóquio, organizado pelo Centro Knight para o Jornalismo nas Américas, teve um número recorde de inscrições, com quase 100 jornalistas que se reuniram no domingo, 17 de abril, no prédio do Belo Center for New Media, da Universidade do Texas, em Austin.

Rosental Alves dá boas vindas ao 9º Colóquio Iberoamericano de Jornalismo. Foto: Mary Kang/Centro Knight.

Após as boas vindas de Rosental Alves, diretor e fundador do Centro Knight; e Florencia Sabatini, diretora de comunicações do Google Argentina; Ismael Nafría apresentou um resumo das principais lições aprendidas durante o ISOJ 2016.

Nafría, jornalista espanhol e consultor especializado em mídia digital, começou explicando que eram lições "subjetivas", que, na sua opinião, reuniam os temas comuns discutidos durante o ISOJ.

Para Nafría, a primeira conclusão importante é que, sobre o tema do jornalismo digital, na transição da mídia tradicional para este mundo e nas novas tecnologias incorporadas na produção jornalística, não existe uma fórmula mágica. Cada meio deve se adaptar de acordo com sua realidade local, seu modelo de negócios, público-alvo, entre outras variáveis.

Em sua apresentação, ele não negligenciou questões como dispositivos móveis - os mais utilizados pelos usuários, mas para os quais os meios de comunicação ainda não planejam conteúdo exclusivo - jornalismo sem fins lucrativos como uma boa alternativa, realidade virtual e a sempre necessária e relevante publicidade.

O dia continuou com dois painéis principais. O primeiro foi chamado “Desafios e casos de transição bem sucedida da mídia tradicional para as plataformas digitais".

Este painel foi moderado por Borja Echevarria, vice-presidente e editor-chefe da Univision DIgital, e foi contou com a presença de Marcos Foglia, diretor de plataformas digitais do grupo Artear, da Argentina; Gastón Roitberg, secretário de redação multimédia do jornal La Nación, da Argentina; Carlos Graieb, editor-chefe da revista Veja, Brasil; Roberto Dias, secretário assistente de redação do jornal Folha de S. Paulo, Brasil; Francisco Aravena, editor geral da revista Que Pasa Chile; Élber Gutiérrez, chefe de redação e coordenador do site do jornal El Espectador da Colômbia; Borja Bergareche, diretor de inovação do grupo Vocento Espanha; Lourdes de Obaldía, diretora do jornal La Prensa do Panamá; Gonzalo Zegarra, diretor da revista Semana Economica Peru; e Rosa Jimenez Cano, correspondente do Vale do Silício para o jornal El Pais da Espanha.

Em apresentações de pouco mais de cinco minutos, os dez jornalistas compartilharam com os participantes do Colóquio as estratégias e experiências que lhes tem permitido navegar melhor na transição para o mundo digital.

O segundo e último painel, “Inovação em startups de jornalismo digital na Iberoamérica", passou a palavra para a mídia nativa digital na região, que estabeleceram o padrão para a criatividade e inovação jornalística.

Moderado por  Mijal Iastrebner, diretora regional da SembraMedia, o painel teve a presença de  Laura Zommer, diretora do Chequeado, na Argentina; Mauricio Jaramillo, fundador e diretor de Hangouts de Jornalismo na Colômbia; Isabela Ponce, editora e fundadora da GkillCity.com, do Equador; Martín Rodríguez Pellecer, diretor e fundador do Nomada da Guatemala; Fabiola Torres, editora e fundadora do Ojo Publico, do Peru; Luz Mely Reyes, diretora geral e cofundadora do Efeito Cocuyo, da Venezuela; e Nilsa Varela, fundadora do Diario El Vistazo, de Venezuela.

Este painel deu lugar a três expositores que buscam reunir os novos meios digitais na região. Jordy Melendez, do México, falou de seu projeto Distintas Latitudes; Marga Cabrera, da Espanha, o fez sobre o Observatorio Nuevos Medios em espanhol; e Janine Warner, diretora executiva e fundadora da SembraMedia. [Nota Editorial: Rosental Alves, diretor do Centro Knight, faz parte do Conselho da SembraMedia]

O 10º Colóquio Iberoamericano de Jornalismo Digital está previsto para 23 de abril de 2017.




"Bookmark






Assine aqui a nossa newsletter semanal!

Nome Completo

Email *
Selecione as listas que deseja subscrever
Boletim Semanal (Português)

Boletín Semanal (Español)

Weekly Newsletter (English)
email marketing
by activecampaign

Comentários recentes