Knight Center
Knight Center

NOTICIAS DO CENTRO KNIGHT

Jornalistas mulheres líderes do Texas e do México discutem prestação de contas e estratégias digitais em evento pré-ISOJ


Atualização: As inscrições para este seminário estão esgotadas. Clique aqui para entrar na lista de espera.

Na véspera do início do International Symposium on Online Journalism (ISOJ), jornalistas mulheres líderes no México e no Texas vão se reunir para discutir transparência, credibilidade e outros valores jornalísticos em uma era de divisão política intensificada em ambos os países. A conversa bilíngue vai aplicar os temas à estratégia digital, mídia social e cobertura política de questões controversas, incluindo migração e crimes violentos.

O evento, "Bridging the Border: Digital perspectives from women journalists in Texas and Mexico" (Aproximando as fronteiras: Perspectivas digitais das mulheres jornalistas no Texas e no México), será no dia 20 de abril de 2017, das 11h às 17h. O espaço é limitado, por isso inscreva-se o mais rápido possível para garantir seu lugar. Tradução estará disponível.

Robyn Tomlin, editora-chefe do Dallas Morning News (Twitter)

"Estamos muito empolgadas com a oportunidade de destacar as mulheres que tomam decisões difíceis nas redações de dois países diferentes", disse Kelsey Whipple,  Dallas Morning News Fellow for Journalism Innovation na Univerdade do Texas, em Austin (UT-Austin). "Essas mulheres são incríveis, e estou animada para ouvir sobre suas estratégias e experiências. E não há melhor momento para mergulhar nestas questões do que o presente".

O México e o Texas estão inextricavelmente ligados por laços históricos, culturais e econômicos. O objetivo deste seminário é construir novas relações entre jornalistas de ambos os lados da fronteira.

As palestras principais serão feitas pela editora-chefe do Dallas Morning News, Robyn Tomlin, e pela jornalista investigativa mexicana e vencedora do prêmio Golden Pen of Freedom, Anabel Hernández.

Outros palestrantes incluem Adela Navarro Bello, diretora-geral da revista Zeta, em Tijuana; Emily Ramshaw, editora-chefe do The Texas Tribune; Alícia Fernández, jornalista multimídia do El Diario de Juárez; Celia Guerrero, jornalista da Pie de Página; Rocío Guenther, repórter do Rivard Report; e Joy Díaz, repórter do Texas Standard.

O seminário é organizado pelo Dallas Morning News Endowment da Escola de Jornalismo da UT-Austin, pela International Women's Media Foundation (IWMF) e pelo Centro Knight para o Jornalismo nas Américas. Clique aqui para obter mais informações e se inscrever.

Jornalista investigativa mexicana Anabel Hernández (Courtesy)

"Estamos orgulhosas de apoiar um evento que destaca líderes na mídia, emergentes e estabelecidas, no Texas e no México", disse Nadine Hoffman, vice-diretora da IWMF. "Nossa pesquisa mostra que as mulheres ocupam apenas 20% dos cargos de gerenciamento de mídia na América Latina. Esperamos uma conversa franca sobre as realidades e desafios para as mulheres que reportam na região, e uma discussão sobre como procurar além da fronteira  soluções e colaboração".

"As jornalistas convidadas a falar promoveram profundos impactos em suas redações e comunidades, e é uma honra recebê-las. Sabemos que será uma tremenda oportunidade para todos os participantes compartilharem e aprenderem uns com os outros", disse Rosental Alves, fundador e diretor do Centro Knight para o Jornalismo nas Américas.

O Dallas Morning News Journalism Innovation Endowment, um presente de US$ 1,5 milhão dado pela Belo Foundation of Dallas em outubro de 2015, é projetado para multiplicar e sustentar cursos e projetos inovadores na Escola de Jornalismo do Moody College of Communication da UT Austin. Kelsey Whipple, estudante de doutorado da UT Austin, é a primeira Dallas Morning News Fellow for Journalism Innovation.

Fundada em 1990 por um grupo de importantes jornalistas americanas, a International Women’s Media Foundation é uma organização com sede em Washington que se dedica a fortalecer o papel das mulheres jornalistas em todo o mundo. A IWMF acredita que os meios de comunicação não são verdadeiramente livres e representativos sem a voz igualitária das mulheres. A IWMF celebra a coragem das mulheres jornalistas que superam ameaças e opressão para falar sobre questões globais.

O Centro Knight para o Jornalismo nas Américas foi criado em agosto de 2002 como um programa de treinamento profissional e divulgação para jornalistas na América Latina e no Caribe. O Centro Knight já alcançou quase 100 mil pessoas de 169 países com cursos on-line sobre jornalismo. O Centro também publica um blog que documenta a liberdade de imprensa e a inovação nos meios de comunicação na América Latina e no Caribe. Toda primavera, o International Symposium on Online Journalism (ISOJ), que atrai centenas de jornalistas, executivos de mídia e acadêmicos de todo o mundo.




Temas:
"Bookmark






Assine aqui a nossa newsletter semanal!

Nome Completo

Email *
Selecione as listas que deseja subscrever
Boletim Semanal (Português)

Boletín Semanal (Español)

Weekly Newsletter (English)
email marketing
by activecampaign

Comentários recentes