Knight Center
Knight Center

NOTICIAS DO CENTRO KNIGHT

ISOJ 2017: Lydia Polgreen, do Huffington Post, revela plano para chegar aos sem-notícia


Lydia Polgreen, editora chefe do The Huffington Post, revelou seu plano no 18º International Symposium on Online Journalism (ISOJ), no dia 21 de abril, de revolucionar o consumo de notícias criando plataformas que chamem a atenção das massas que não costumam acompanhar o noticiário.

Lydia Polgreen (Mary Kang/Knight Center)

Ecoando uma coluna de Joshua Benton, do Nieman Lab, Polgreen chamou essa parte da população de “unnewsed”, ou "sem-notícia". O termo em inglês define o público sem acesso a notícias, uma referência à palavra “unbanked”, ou "sem-banco", que em inglês remete às pessoas que não são cobertas pelo sistema bancário.

Em uma enquete Gallup, 27% dos americanos disseram que confiavam nos bancos do país, uma queda do índice de 53% de 2004. Segundo a pesquisa, os americanos não confiam em instituições bancárias por três razões: eles não precisam de bancos, não podem pagar pelo serviço oferecido, e suas necessidades de atendimento ao cliente não eram preenchidas. Estes mesmos problemas, como argumentam Polgreen e Benton, impactam o consumo das mídias de notícias.

A mídia tradicional ficou sob o escrutínio público durante as eleições presidenciais de 2016. De acordo com uma pesquisa conduzida pelo YouGov, 27% dos entrevistados estavam evitando as notícias durante o período eleitoral.

“Nós estragamos tudo”, disse Polgreen ao seu entrevistador, Evan Smith, co-fundador e CEO do Texas Tribune. “Acho que temos muito pelo que responder.”

Polgreen disse que a chave é desenvolver uma conexão entre a mídia e o público. Ela ofereceu cinco estratégias:

  • Criar proximidade: Polgreen sugere que jornalistas devem eliminar as distâncias — se os consumidores de notícias não sentem que os jornalistas estão conectados a suas vidas, é difícil confiar neles.
  • Criar plataformas para ouvir: Polgreen acredita que ouvir é essencial ao jornalismo. Uma vez que a pesquisa nas pessoas “sem-notícia” está focada em informações sociológicas, ao invés de financeiras, as organizações de notícias devem fazer com que ouvir o público seja uma prioridade.
  • Coloque o consumidor no controle: Organizações de notícias devem encontrar uma maneira de fornecer algum tipo de controle ao usuário, e é por isso que Polgreen acredita que elas devam criar uma plataforma de blog para encorajar o público a contar as histórias do seu jeito.
  • Tecnologia não resolve o maior problema: Ainda que a tecnologia tenha mudado a forma com que as organizações de notícias interagem com o público, Polgreen argumenta que ela não pode resolver sozinha o problema de criar entre os consumidores de notícias.
  • Emoção, humor e empatia são vitais para atrair os “sem-notícia": Enquanto os fatos e a verdade são essenciais nas notícias, Polgreen argumenta que estes elementos não são o suficiente. Emoção, humor e empatia também devem ser praticados pelas organizações de notícias.

Embora este plano estratégico tenha foco em primeiramente trazer de volta os “sem-notícia” e transformá-los em consumidores frequentes, Polgreen também tem uma visão estabelecida para o Huffington Post. Quando perguntada se as organizações de notícias devem considerar a criação de uma rede de televisão, ela respondeu:

“Por que não deveríamos estar pensando grande? Por que não devemos pensar nas estações de TV a cabo? Ou no equivalente do século XXI?”

A Verizon adquiriu o Huffington Post em 2015, depois que a companhia telefônica comprou o então proprietário do site, AOL, em um negócio de US$ 4,4 bilhões. Ao responder perguntas de Smith sobre seguir os passos da renomada Ariana Huffington, co-fundadora do Huffington Post, e sobre a independência editorial de Polgreen sob a propriedade da Verizon, a ex-jornalista do New York Times disse que estas circunstâncias não influenciam seu trabalho.

“Quando aceitei esse trabalho, eu fui muito clara e eles foram muito claros ao dizer que queriam uma organização de notícias independente”, disse Polgreen. “Tem sido muito livre. Eles me deram apoio total."

Streaming ao vivo do ISOJ estava disponível no site do evento.




"Bookmark






Assine aqui a nossa newsletter semanal!

Nome Completo

Email *
Selecione as listas que deseja subscrever
Boletim Semanal (Português)

Boletín Semanal (Español)

Weekly Newsletter (English)
email marketing
by activecampaign