Knight Center
Knight Center

NOTICIAS DO CENTRO KNIGHT

Alunos do curso online de videojornalismo recebem bolsa para workshop exclusivo no YouTube Space Rio


Produzir histórias em vídeo efetivas para plataformas digitais foi o principal mote do curso massivo online e aberto (MOOC) "Videojornalismo: narrativas visuais para plataformas digitais". E também o que buscaram expressar em seus projetos os dez estudantes do curso selecionados para participar de um workshop exclusivo com a equipe do YouTube Space, no Rio de Janeiro.

Mais de 4 mil pessoas participaram deste curso oferecido pela Associação Nacional dos Jornais (ANJ) e pelo Centro Knight para o Jornalismo nas Américas da Universidade do Texas em Austin, com o apoio do Google News Lab. Alessandro Alvim e João Wainer lideraram este programa de treinamento por quatro semanas e apresentaram os conceitos e técnicas da dinâmica de produção multimídia na Internet.

Participantes do MOOC concorreram a 10 bolsas de viagem para participar de um seminário exclusivo de produção de vídeos com a equipe do YouTube, que acontecerá na sexta-feira, 20 de outubro, no novo espaço inaugurado no Rio de Janeiro. Os contemplados com as bolsas de viagem também poderão conhecer pessoalmente os instrutores João Wainer e Alessandro Alvim, que ministraram o curso entre os dias 24 de julho e 20 de agosto.

Dentre os projetos selecionados, a força jornalística das histórias se destaca. Os vídeos abordam temas como a rotina de jovens internos da Fundação Casa santista (centro de recuperação de adolescentes infratores), a perspectiva de um morador de rua sobre o espaço público, o julgamento de uma liderança indígena e a situação de extrema pobreza de famílias das áreas mais pobres de Recife. Criatividade e a aposta em combinar elementos narrativos mais próprios dos documentários também estiveram presentes.

“O resultado do concurso foi muito interessante e serviu pra mostrar que o mais importante deste curso é trazer os conceitos. A partir daí, a criatividade dos alunos é o limite”, comentou Wainer. “Pelo resultado apresentado nos vídeos, ficou claro que eles entenderam e souberam aplicar tudo o que foi passado nas aulas de forma segura em seus trabalhos.”  

Alvim também se disse impressionado com a qualidade dos trabalhos. "Além da preocupação com o valor jornalístico, houve um cuidado estético e de edição. Eles perceberam que a narrativa em vídeo para a web é antes de mais nada uma boa história. Com uma boa edição e aplicando os recursos necessários, ela fica melhor construída. Os concorrentes aplicaram as lições e fizeram um ótimo trabalho", afirmou.

João Wainer e Alessandro Alvim são dois veteranos da produção multimídia. Wainer foi dos fundadores da TV Folha e a dirigiu por vários anos. Foi vencedor do Prêmio Esso na categoria Telejornalismo pela cobertura dos protestos de junho de 2013. Alvim editou por 17 anos material gráfico de breaking news e há três anos se dedica à produção multimídia inovadora no jornal O Globo. Teve trabalhos reconhecidos pela Society for News Design (SND), SND-Digital, Sociedade Interamericana de Imprensa (SIP), Prêmio Malofiej, Prêmio Esso e Prêmio Petrobras.

Seguindo as lições oferecidas pelos instrutores, o jornalista Yuri Soares, do jornal baiano Correio*, produziu um vídeo sobre as condições precárias de trabalhadores de uma fábrica de cachaça que operava nos subúrbios de Salvador, e foi um dos selecionados no concurso final do MOOC.

"Com o curso Videojornalismo: Narrativas Visuais, passei a compreender melhor meu papel enquanto repórter, além das potencialidades da ferramenta audiovisual, no contexto jornalístico. Antes do curso, acabava realizando as pautas sem muito planejamento, consequência, inclusive, da falta de pessoal na equipe", disse Yuri.

Aline Silva, do Diário de Pernambuco, também aplicou os conhecimentos do MOOC para construir uma reportagem em vídeo sobre um ícone pernambucano da capoeira, o Mestre Meia-noite.

"O conteúdo do curso permeou todo o processo de produção do meu projeto final. Entendi qual é o ritmo ideal de um vídeo para a internet, sabendo atrair a atenção do espectador, e soube da importância de cada processo, desde a condução da entrevista com captação de som e imagem com suportes apropriados, à montagem e finalização", afirmou a jornalista, que também teve seu trabalho selecionado no concurso.  

Criatividade, talento, valor jornalístico e a construção narrativa foram métricas utilizadas para julgar os trabalhos vencedores. A temática ou foco do vídeo ficaram a critério dos participantes. Confira abaixo a lista dos alunos contemplados e clique em seus nomes para ver os projetos escolhidos:

Todos os projetos vencedores serão apresentados no YouTube Space e receberão o feedback direto dos instrutores do MOOC. O workshop de videojornalismo no Youtube Space será oferecido apenas aos 10 alunos premiados, e foi organizado para estimular os estudantes do curso massivo a aplicarem o aprendizado obtido em novos produtos jornalísticos.

O programa de MOOCs oferecido pelo Centro Knight da Universidade do Texas em Austin começou em 2012 e é o único no mundo a oferecer cursos online abertos e massivos especializados em jornalismo. Em cinco anos, a iniciativa já beneficiou mais de 110 mil pessoas de mais de 170 países.

“Estamos muito agradecidos ao Google News Lab por nos apoiar em cursos massivos em espanhol e português que beneficiam a milhares de jornalistas na América Latina”, disse o professor Rosental Calmon Alves, fundador e diretor do Centro Knight. “Também agradecemos à ANJ por esta longa parceria conosco e com o Google para levar conhecimentos a tantos jornalistas, professores e alunos de faculdades de jornalismo de todas as regiões do Brasil”.

A Associação Nacional dos Jornais reúne os principais diários do Brasil. A ANJ foi criada em 1979 para defender a liberdade de expressão, pensamento e propaganda, o funcionamento sem restrições da imprensa, observados os princípios de responsabilidade, e lutar pela defesa dos direitos humanos, os valores da democracia representativa e a livre iniciativa.

Google é uma empresa global líder em tecnologia que se dedica a melhorar as formas nas quais as pessoas se conectam com a informação. As inovações de Google na busca pela Internet e com publicidade fizeram de seu site um dos principais produtos da Internet e de sua marca, uma das mais reconhecidas do mundo.

O Centro Knight para o Jornalismo nas Américas foi criado em 2002 pelo professor Rosental Calmon Alves, titular da Cátedra Knight de Jornalismo e da Escola de Jornalismo da Universidade do Texas, em Austin. O Centro tem recebido contribuições da Fundação John S. & James L. Knight e de outros doadores.




"Bookmark






Assine aqui a nossa newsletter semanal!

Nome Completo

Email *
Selecione as listas que deseja subscrever
Boletim Semanal (Português)

Boletín Semanal (Español)

Weekly Newsletter (English)
email marketing
by activecampaign

Comentários recentes