Knight Center
Knight Center

NOTICIAS DO CENTRO KNIGHT

Curso do Centro Knight de desenvolvimento de audiências dá aos alunos a oportunidade de trabalhar em projetos especiais


Alunos de todo o mundo aprenderam com a especialista em desenvolvimento de audiências Amanda Zamora sobre como aumentar o público de seu trabalho e obter uma maior participação dos leitores.

Amanda Zamora, instrutora do curso (Divulgação)

Mais de 300 alunos de 51 países participaram do curso mais recente do Centro Knight, “Conhecendo seu público: Estratégias para aumentar o alcance e engajamento de seu jornalismo”. Depois dos EUA, os países com maior número de participantes foram Brasil, Canadá, Alemanha, Espanha e México.

Diferentemente dos cursos online abertos massivos (MOOCs, na sigla em inglês) frequentemente oferecidos pelo Centro Knight, este grande curso online (BOC, na sigla em inglês) era mais avançado e limitado a um número menor de participantes para aumentar a interação com a instrutora. Todos os alunos que cumpriram com sucesso os requisitos do curso recebem um certificado de conclusão.

O curso ensinou os alunos a criar mapas de audiência, elaborar planos promocionais e definir metas quantitativas e qualitativas. O objetivo era “ajudar jornalistas em várias funções a entender como aplicar estratégias de desenvolvimento de audiências ao seu trabalho - seja criando conteúdo, gerenciando plataformas sociais ou trabalhando em design e desenvolvimento de produto”, como explicou Zamora no lançamento do curso.

A instrutora, que lidera o crescimento e o engajamento da audiência no Texas Tribune, um meio sem fins lucrativos, disse que estava honrada em participar de um curso no qual os alunos lidavam com questões desafiadoras do público.

"Minha principal esperança para este curso foi criar um espaço para essas questões", escreveu Zamora em sua nota final para os alunos. “Como jornalistas, estamos acostumados a trabalhar sob a pressão do prazo, a aplicar um modelo ou fórmula ao trabalho que fazemos. A parte divertida (e às vezes enlouquecedora) sobre o trabalho com o público é que é o oposto da rotina. Os dados de público podem fornecer clareza sobre o comportamento do leitor/espectador/ouvinte, mas, assim como os humanos evoluem, o mesmo acontece com o público. Estamos constantemente aprendendo sobre o que nosso público quer e precisa, e como nosso relacionamento com eles é mediado por mudanças na tecnologia (pense no surgimento de dispositivos móveis, em plataformas e algoritmos) ”.

Kevin Anderson, aluno do curso (Divulgação)

O curso chegou na hora certa para o aluno Kevin Anderson, que recentemente iniciou uma nova função no trabalho que exige mais inteligência em relação ao desenvolvimento de audiências. Assim como muitos estudantes, ele conseguiu desenvolver um projeto especial durante o curso.

"Felizmente, eu estava no processo de lançamento de uma nova newsletter, e foi realmente útil poder colocar essas idéias em prática em tempo real e obter feedback sobre nossa estratégia de lançamento e a própria newsletter", disse Anderson, editor de mídias digitais em ideastream, NPR e PBS para o nordeste de Ohio, nos EUA.

Uma das lições que ele levará das aulas é a ênfase de Zamora nas pesquisas junto aos usuários, o feedback que ela forneceu frequentemente sobre as tarefas do curso e os posts no fórum.

O aluno Siyabonga Africa, oficial de programa do South Africa Media Innovation Program, já havia feito cursos na plataforma do Centro Knight e usou este curso em especial como uma oportunidade para desenvolver uma newsletter de cultura pop sobre conteúdo em streaming para um cliente. Ao mesmo tempo, o curso o ajudou em seu próprio desenvolvimento profissional.

"Gostei muito do estilo de ensino de Amanda, que gostaria de adotar nas oficinas que realizo: situar o tema no panorama geral, no processo e nos próximos passos", disse Africa ao Centro Knight. "A parte sobre KPIs [sigla em inglês para indicadores-chave de desempenho] ​​(especialmente análise de dados) realmente se destacou para mim, pois estou pensando em me especializar em análise de dados para meios de notícias à medida que progrido na minha carreira".

Siyabonga Africa, aluno do curso (Divulgação)

O curso terminou em 11 de agosto, mas os alunos tiveram mais algumas semanas para concluir as atividades. As discussões continuam nos fóruns e na página do curso no Facebook.

Outro curso, desta vez um MOOC em português, começou recentemente na plataforma de ensino à distância do Centro Knight, journalismcourses.org. “Introdução ao jornalismo de dados: como entrevistar dados para reportagens investigativas” tem duração de cinco semanas e é liderado por instrutores da Escola de Dados, do Brasil.

Para saber mais sobre os próximos cursos do Centro Knight, siga-nos no Facebook, Twitter, Instagram ou LinkedIn.




"Bookmark


Assine nossa newsletter semanal “Jornalismo nas Américas”

Boletim Semanal (Português)
Boletín Semanal (Español)
Weekly Newsletter (English)
 
Marketing by ActiveCampaign