Knight Center
Knight Center

Blog JORNALISMO NAS AMERICAS

Presidente boliviano aprova Lei de Seguro de Vida para jornalistas, mas segue criticando imprensa do país



Apesar de criticar a imprensa justamente no Dia do Jornalista, celebrado na Bolívia no dia 10 de maio, o presidente do país, Evo Morales, disse que a liberdade de imprensa está "garantida" e aprovou um projeto de Lei de Seguro de Vida para os repórteres, informaram a agência de notícias EFE, o diário La Razón e a rádio FM Bolivia.

Segundo o jornal Opinión, o Seguro de Vida “será custeado com 1% do faturamento com publicidade dos meios privados de comunicação”.

Os profissionais de imprensa bolivianos haviam exigido a aprovação da lei em março passado, após o assassinato de dois jornalistas, no dia 25 de fevereiro, na cidade de El Alto. O crime incentivou a criação de um decreto para garantir o transporte de repórteres que trabalham à noite.

O presidente boliviano é conhecido por criticar a imprensa do país e por explorar maneiras de regular a mídia.

Grupos partidários do governo de Morales são os que mais atacam os jornalistas, verbal e fisicamente. Em 2011, foram registradas 46 agressões contra jornalistas na Bolívia. O presidente chegou a justificar tais agressões, argumentando que os ataques são reações às mentiras.




Assine nossa newsletter semanal “Jornalismo nas Américas”

Boletim Semanal (Português)
Boletín Semanal (Español)
Weekly Newsletter (English)
 
Marketing by ActiveCampaign

Facebook