Knight Center
Knight Center

Blog JORNALISMO NAS AMERICAS

Deputado maranhense é acusado de ser o mandante do assassinato do jornalista Décio Sá



Um deputado estadual do Maranhão foi apontado como o mandante do assassinato do jornalista Décio Sá em depoimento prestado pelo executor do crime, cujo conteúdo vazou na internet nesta quinta-feira, 21 de junho, informou a Agência Estado.

Raimundo Cutrim (PSD-MA), que é ex-secretário de Segurança Pública do Estado do Maranhão e hoje está na base aliada do Governo do Estado na Assembleia Legislativa, foi citado nas declarações do pistoleiro Jhonathan Silva, autor confesso dos seis disparos que mataram o jornalista maranhense no dia 23 de abril, segundo o portal G1.

Sá era repórter de política do jornal O Estado do Maranhão e autor de um dos blogs mais acessados da região. Segundo a polícia, foram justamente as denúncias sobre crimes de agiotagem que o jornalista publicava que teriam motivado sua execução. Seis pessoas já foram presas, acusadas de participação no crime, e outras três estão foragidas.

Cutrim negou envolvimento no caso. "Eu ainda não li esse documento, tomei conhecimento de um trecho pela minha assessoria, e fiquei espantado. Quem conhece o meu trabalho sabe por onde eu andei e que eu sempre procurei pautar o meu trabalho dentro da lei", declarou o político em entrevista coletiva nesta quinta, de acordo com o jornal O Globo.

Apesar das investigações correrem em sigilo, outros documentos do inquérito policial já haviam vazado, como depoimentos de testemunhas do assassinato.




Assine nossa newsletter semanal “Jornalismo nas Américas”

Boletim Semanal (Português)
Boletín Semanal (Español)
Weekly Newsletter (English)
 
Marketing by ActiveCampaign

Facebook