Knight Center
Knight Center

Blog JORNALISMO NAS AMERICAS

Após sofrer três ataques armados, jornalista de Honduras vai pedir asilo aos Estados Unidos




Um jornalista de Honduras anunciou que pedirá asilo aos Estados Unidos para os cinco membros de sua família, após sofrer ataques armados e receber ameaças, informou a agência AFP.

José Encarnación Chinchilla, correspondente da emissora cristã Radio Cadena Voces, denunciou que uma dupla de desconhecidos disparou várias vezes contra sua casa, ferindo um de seus filhos, na noite de 3 de agosto, na cidade de El Progreso, segundo a Repórteres Sem Fronteiras (RSF). O filho do jornalista continua hospitalizado e seu estado saúde é estável, acrescentou a RSF.

O jornalista disse temer por sua vida, por se tratar do terceiro ataque semelhante contra ele. O profissional já havia sido atacado em 2009 e 2010, de acordo com o diário La Prensa. Até agora, os ataques não foram investigados pelas autoridades, segundo a RSF.

O ataque podo ter sido uma represália à atuação jornalística de Chinchilla, que denunciou conflitos de terras e entre quadrilhas, explicou o Comitê para a Proteção dos Jornalistas (CPJ).

Desde o Golpe de Estado, em junho de 2009, Honduras se transformou no segundo país mais perigoso do Ocidente para o exercício do jornalismo. Além disso, é o país com o maior índice de homicídios do mundo, segundo as Nações Unidas. Para mais informações, consulte o mapa do Centro Knight para o Jornalismo nas Américas sobre os ataques contra a imprensa na América Central.



No comments

Comentar

O conteúdo deste campo é privado não será exibido ao público.
By submitting this form, you accept the Mollom privacy policy.






Assine aqui a nossa newsletter semanal!

Nome Completo

Email *
Selecione as listas que deseja subscrever
Boletim Semanal (Português)

Boletín Semanal (Español)

Weekly Newsletter (English)
email marketing
by activecampaign

Facebook

Comentários recentes