Knight Center
Knight Center

Blog JORNALISMO NAS AMERICAS

ANJ lança alerta por aumento de violência contra jornalistas no Brasil



As 12 mortes violentas de jornalistas registradas no Brasil entre agosto de 2010 e julho de 2012 levaram a Associação Nacional de Jornais (ANJ) a declarar estado de "alerta especial", informou a EFE. O alerta foi lançado na abertura do 9º Congresso da ANJ, na segunda-feira, 20 de agosto, em São Paulo.

No relatório, a ANJ também cita o aumento do número de ataques contra jornalistas e violações da liberdade de expressão no país, acrescentou o site Paraná Online. Decisões judiciais que impediram a publicação de notícias e reportagens por alguns veículos também foram mencionadas pela organização como um dos fatores para o alerta. "A censura prévia por via judicial é uma ofensa ao princípio maior da liberdade de expressão definido pela Constituição", disse a ANJ.

Apenas em 2012, foram assassinados sete jornalistas no Brasil. O caso mais recente foi a morte do comentarista esportivo Valério Luiz, em Goiás. Não à toa, portanto, o país figura entre os mais perigosos para jornalistas numa pesquisa do International News Safety Institute (INSI) divulgada no início de agosto.




Assine nossa newsletter semanal “Jornalismo nas Américas”

Boletim Semanal (Português)
Boletín Semanal (Español)
Weekly Newsletter (English)
 
Marketing by ActiveCampaign

Facebook