Knight Center
Knight Center

Blog JORNALISMO NAS AMERICAS

Twitter entrega à Justiça dos EUA conteúdo postado por participante do movimento "Ocupe Wall Street"




O Twitter perdeu a luta e acabou cumprindo a decisão judicial que determinava a entrega de conteúdo publicado por um participante do movimento "Ocupe Wall Street", informou a Reuters.

O Twitter vinha lutando contra a ordem para que entregasse as mensagens publicadas pelo manifestante Malcolm Harris desde junho. Caso não cumprisse a decisão, a empresa seria multada.

O advogado do Twitter, Terryl Brown, disse que a decisão era "injusta", mas acabou entregando os tweets de Harris em um envelope, acrescentou o Huffington Post. As mensagens continuarão nesse envelope até que seja julgada uma apelação feita pela empresa, provavelmente em novembro. O juiz, porém, queria o conteúdo em sua posso enquanto isso, acrescentou o New York Post.

O caso levantou um debate sobre quem deve lutar contra ordens judiciais em relação a mensagens postadas no Twitter: os usuários ou a empresa. Em sua apelação contra a decisão, o Twitter argumentou que “os usuários são proprietários de seus próprios tweets e deveriam ter o direito de lutar contra demandas inválidas do governo,” segundo o RT.com.

Marcia Hofmann, advogada da Electronic Frontier Foundation, que se movimentou a favor do Twitter, disse à Reuters estar "preocupada com a possibilidade as empresas olharem para essa caso e acharem que não vale a pena lutar contra os governos quando eles exagerarem. Isso é preocupante".




Assine nossa newsletter semanal “Jornalismo nas Américas”

Boletim Semanal (Português)
Boletín Semanal (Español)
Weekly Newsletter (English)
 
Marketing by ActiveCampaign

Facebook