Knight Center
Knight Center

Blog JORNALISMO NAS AMERICAS

Jornal em inglês mais antigo da Costa Rica deixa de publicar versão impressa




O jornal em língua inglesa mais antigo da Costa Rica, o Tico Times, anunciou em seu site que deixou de publicar sua versão impressa na última sexta-feira, 28 de setembro. A Associated Press informou que o diário de 56 anos demitiu toda sua equipe de 16 pessoas na última terça-feira, 25 de setembro e reestruturará seu negócio para se tornar uma publicação exclusivamente online.

O editor David Boddiger contou à Associated Press que os empregados do periódico estão trabalhando como voluntários para que o site do Tico Times se mantenha no ar durante este período de reestruturação. A nova publicação digital buscará receita de anúncios e doações, disse em seu site.

“Esta é uma decisão que nos vimos obrigados a tomar pelos custos de distribuição, impressão, papel e produção. As necessidades estão mudando e as pessoas querem mais; elas aproveitam a tecnologia e não estão interessadas no jornal impresso”, afirmou o gerente de negócios do Tico Times, Olman Chacón.

O venerado periódico foi uma vítima inesperada da crise imobiliária nos Estados Unidos. A versão impressa do Tico Times alcançou seu apogeu entre os anos 2005 e 2007 graças ao dinheiro de anúncios de agências imobiliárias dirigidos a turistas estrangeiros durante o auge das vendas de casas, explicou o diário. Boddiger disse à Associated Press que quando o mercado imobiliário quebrou, os anunciantes desapareceram e o jornal foi incapaz de se recuperar da perda.

O presidente do Tico Times, Dery Dyer, escreveu uma carta aberta aos leitores do periódico na qual cita a “falta de uma visão a longo prazo e uma série de decisões erradas”, somadas aos desafios de administrar um jornal na era digital, como alguns dos fatores que conduziram à extinção do veículo impresso.

O jornal também cita a fama de Dyer -- de ser alguém que resiste à mudança e às tecnologias -- como outra razão pela qual o Tico Times foi incapaz de se adaptar às novidades do mercado.

Tico Times, contudo, continua lutando para sobreviver. O jornal lançou uma campanha para arrecadar 10 mil dólares até 30 de outubro. O dinheiro serviria para manter o site na internet e outras operações vitais durante o período de reestruturação.

“Esperávamos ser capazes de resgatar a versão impressa, mas falhamos”, disse Dyer. Esta é a área na qual vamos concentrar nossos esforços agora [online]. Queremos que o Tico Times continue existindo de alguma forma e acreditamos que ainda temos muito para oferecer”.

O Tico Times foi fundado em 1956 como uma publicação estudantil sob a direção de Elisabeth “Betty” Dyer, mãe do atual presidente Dery Dyer, na Escola Lincoln em San José. O Times se tornou a publicação líder em inglê da América Central e um exemplo de jornalismo ambiental e investigativo, segundo o jornal La Nación.




Assine nossa newsletter semanal “Jornalismo nas Américas”

Boletim Semanal (Português)
Boletín Semanal (Español)
Weekly Newsletter (English)
 
Marketing by ActiveCampaign

Facebook