Knight Center
Knight Center

Blog JORNALISMO NAS AMERICAS

Na Argentina, possibilidade de uso da Lei de Mídia para controlar linha editorial dos veículos gera polêmica



As declarações de um membro da Autoridade Federal de Serviços de Comunicação Audiovisual (AFSCA) da Argentina - entidade que aplica e controla a Lei de Mídia – em relação a um possível controle sobre a linha editorial dos veículos geraram polêmica no país, informou o diário La Razón.

A Lei de Mídia da Argentina foi votada e promulgada em 2009 e tem gerado polêmica por sua intenção de limitar o número de licenças de audiovisual dos diferentes grupos de mídias, como o Clarín. A data limite para que esses grupos se adequem de forma voluntária é 7 de dezembro. Caso isso não aconteça, o governo ameaça caçar essas licenças.

A lei regulamenta a utilização do espectro audiovisual, mas não estabelece um marco regulatório para o conteúdo , publicou o portal Infobae. No entanto, as declarações de Nicolás Cherei, um dos coordenadores da AFSCA, sobre “um controle dos diferentes meios”, abriu essa possibilidade, acrescentou o portal.

“Se há diferentes donos, vamos cuidar para que também haja diferentes estilos editoriais, diferentes técnicos, diferentes jornalistas e diferentes cinegrafistas”, disse Cherei em entrevista à radio FM Simphony, segundo o diário La Razón.

Diante da polêmica, o titular da AFSCA, Martín Sabbatella, negou que a entidade vá controlar a linha editorial dos veículos , segundo o La Prensa.



No comments

Comentar

O conteúdo deste campo é privado não será exibido ao público.
By submitting this form, you accept the Mollom privacy policy.


Assine o boletim semanal

Receba nosso boletim semanal sobre jornalismo nas Américas.

Escolha seu idioma:

English
Español
Português

Por favor, digite seu e-mail:

Facebook

Comentários recentes