Knight Center
Knight Center

Blog JORNALISMO NAS AMERICAS

Prêmio Direitos Humanos de 2012 é concedido ao jornalista Tim Lopes



O maior prêmio do governo brasileiro para pessoas e instituições que se destaquem na defesa dos direitos humanos este ano homenageou um jornalista brasileiro assassinado. A Secretaria de Direitos Humanos da presidência da República concedeu o Prêmio Direitos Humanos de 2012, in memorian, ao jornalista Tim Lopes, informou o Portal G1.

De acordo com o Sindicato dos Jornalistas Profissionais do Rio de Janeiro, o repórter foi escolhido, entre outras personalidades, pela “atuação marcada pela consciência humanitária que, inevitavelmente, contribuiu para a ampliação da sensibilidade da sociedade brasileira sobre a necessidade do respeito aos direitos humanos”.

A indicação do jornalista para a premiação veio do Sindicato dos Jornalistas do Município do Rio em conjunto com Tânia Lopes, irmã de Tim. A homenagem, feita pela Presidente Dilma Rousseff, será entregue no dia 10 de dezembro, no Palácio do Planalto.

Tim Lopes foi, em junho de 2002, brutalmente torturado e assassinado por traficantes de drogas quando fazia uma reportagem sobre exploração sexual de menores em bailes na Vila Cruzeiro. Em dezembro de 2010, a polícia conseguiu prender um dos condenados pelo crime.

O caso mobilizou a imprensa brasileira em torno dos perigos enfrentados por jornalistas na cobertura de áreas de risco e inspirou as discussões sobre a prática do jornalismo no Brasil, culminando com a criação, em dezembro do mesmo ano, da Associação Brasileira de Jornalismo Investigativo (Abraji), segundo a própria entidade.



No comments

Comentar

O conteúdo deste campo é privado não será exibido ao público.
By submitting this form, you accept the Mollom privacy policy.


Assine o boletim semanal

Receba nosso boletim semanal sobre jornalismo nas Américas.

Escolha seu idioma:

English
Español
Português

Por favor, digite seu e-mail:

Facebook

Comentários recentes