Knight Center
Knight Center

Blog JORNALISMO NAS AMERICAS

Documentário sobre presidente do Equador é retirado do Youtube e do Vimeo, diz organização



Os obstáculos para a divulgação de um documentário sobre o presidente do Equador, Rafael Correa, produzido pelo jornalista Santiago Villa parecem não acabar. Segundo a ONG equatoriana Fundamedios, o Youtube e o Vimeo retiraram o filme do ar por "uma reclamação de direitos autorais feitas pela Ares Rights".

De acordo com a Fundamedios, a empresa espanhola Ares Rights, que protege os direitos de autor de seus clientes na internet - solicitou a retirada do filme do ar por supostamente conter "imagens não autorizadas" da emissora de TV do Estado, a Ecuador TV.

A divulgação do documentário tem sido pautada por denúncias de censura. Villa havia desistido de exibir seu filme no canal de TV América TeVe depois de a emissora pedir mudanças. O jornalista falou em pressão do governo equatoriano sobre canal. Além disso, o jornalista Andrés Carrión foi obrigado a encerrar seu programa na emissora de rádio Armónica depois de entrevistar Santiago Villa.

"Rafael Correa, retrato de un padre de la patria", segundo Villa, expões, nas palavras de seus próprios protagonistas, temas como o financiamento da campanha presidencial de Rafael Correa em 2006 pelas Farc, [...] a perseguição a líderes sociais e indígenas e a luta do governo contra a liberdade de expressão". De acordo com a Fundamedios, o documentário só pode ser visto na página www.smotri.com, hospedada na Rússia.

 




Assine nossa newsletter semanal “Jornalismo nas Américas”

Boletim Semanal (Português)
Boletín Semanal (Español)
Weekly Newsletter (English)
 
Marketing by ActiveCampaign

Facebook