Knight Center
Knight Center

Blog JORNALISMO NAS AMERICAS

Repórter ameaçado no Paraná deverá sair do país



O repórter Mauri König, do jornal Gazeta do Povo, de Curitiba (Paraná) deverá sair do Brasil por causa de ameaças que recebeu após publicar denúncias contra policiais do estado, informou o jornal Folha de S. Paulo.

König, também membro da diretoria da Associação Brasileira de Jornalismo Investigativo, coordenava a série de reportagens do jornal assinadas por outros três jornalistas, que também foram ameaçados e estão sob proteção: Felippe Aníbal, Diego Ribeiro e Albari Rosa.

Segundo o portal Uol, König afirmou que os policiais sairiam do Rio de Janeiro em dois carros para metralhar sua casa. Eles também teriam ameaçado os diretores da Gazeta do Povo.

Em nota, a Sociedade Interamericana de Imprensa (SIP) condenou as ameaças de morte sofridas por König e pelos outros jornalistas, além de solicitar às autoridades brasileiras proteção e a investigação imediata dos fatos, noticiou o portal Terra.

Ao Comitê de Proteção aos Jornalistas (CPJ), König disse ter começado a receber ameaças pela internet logo após publicar as reportegens no Gazeta do Povo, em maio de 2012. O CPJ também lembra que, apenas neste ano, quatro jornalistas brasileiros foram assassinados por motivos relacionados à profissão -- três deles também haviam publicado denúncias sobre corrupção.



No comments

Comentar

O conteúdo deste campo é privado não será exibido ao público.
By submitting this form, you accept the Mollom privacy policy.


Assine o boletim semanal

Receba nosso boletim semanal sobre jornalismo nas Américas.

Escolha seu idioma:

English
Español
Português

Por favor, digite seu e-mail:

Facebook

Comentários recentes