Knight Center
Knight Center

Blog JORNALISMO NAS AMERICAS

Laboratório Nieman destaca previsões de analistas para a indústria do jornalismo em 2013



O que 2013 reserva para a indústria de notícias? Pergunte ao Laboratório de Jornalismo Nieman, que recentemente entrevistou diversos analistas sobre suas previsões de Ano Novo. Muitos deles disseram acreditar que as tendências iniciadas em 2012, como a multiplicação de aparelhos móveis, continuarão este ano.

Para o veterano jornalista Martin Langeveld, mais empresas abandonarão o modelo de sete edições por semana. Com a queda no faturamento e o crescimento do uso de tablets para a leitura de notícias, o papel se tornará um nicho de publicações primordialmente digitais.

Para Kevin J. Delaney, editor-chefe da publicação online Quartz, os esforços para criar aplicativos de notícias criativos para smartphones se intensificarão em 2013. Com o crescimento do uso da internet no mundo, Delaney acredita ser muito possível que "as interfaces mais interessantes para o consumo de notícias sejam desenvolvidas fora dos Estados Unidos".

Delaney também disse esperar que 2013 traga avanços em ferramentas de tradução, permitindo que as publicações americanas se tornem mais acessíveis para leitores de outras partes do mundo e as publicações estrangeiras, para os americanos.

Amy Schmitz Weiss, professora assistente de jornalismo da San Diego State University, disse acreditar que ferramentas para o consumo de notícias pelos leitores e de organização de informações para o jornalistas continuarão se proliferar, especialmente nos aparelhos móveis.

Dan Gillmor, diretor fundador do Knight Center for Digital Media Entrepreneurship, da Walter Cronkite School of Journalism and Mass Communication, da Arizona State University, disse que 2012 destacou o valor dos números no jornalism e que, em 2013, os leitores irão cobrar mais evidências e menos rumores.

David Hirschman e Laura Rich, fundadores da empresa de mídia e pesquisa Street Fight, afirmaram que, apesar da polêmica envolvendo o serviço de notícias hiperlocais Journatic, que falsificou assinaturas em 2012, as organizações continuarão a caminhar rumo à automatização e a terceirização na busca de notícias locais, permitindo que os repórteres se concentrem em grandes histórias.

Visite o site do Laboratório de Jornalismo Nieman para ler todas as previsões.



No comments

Comentar

O conteúdo deste campo é privado não será exibido ao público.
By submitting this form, you accept the Mollom privacy policy.


Assine o boletim semanal

Receba nosso boletim semanal sobre jornalismo nas Américas.

Escolha seu idioma:

English
Español
Português

Por favor, digite seu e-mail:

Facebook

Comentários recentes