Knight Center
Knight Center

Blog JORNALISMO NAS AMERICAS

Administração de Barack Obama vai definir novos padrões para o relacionamento entre a mídia e o governo, diz o Politico




O Politico destacou as dúvidas em relação à frequência com que o presidente americano pratica tiro ao alvo para ilustrar o controle rígido exercido pelo governo sobre sua imagem. Fonte: The White House

Segundo o site ​de notícias políticas Politico, o presidente dos EUA, Barack Obama, é um "especialista em limitar, conformar e manipular a cobertura jornalística sobre ele mesmo e sobre a Casa Branca".

Ainda de acordo com o site, o governo combina estratégicas tradicionais às tecnologias mais recentes, como as redes sociais, para moldar a cobertura jornalística sobre o presidente e sua administração. Com inovações como o uso agressivo das mídias sociais na comunicação com os eleitores, innovations like government-created content and aggressive use of social media to communicate with voters, Obama está estabelecendo padrões de relacionamento entre o governo e a imprensa, acrescentou o Politico.

O Politico destacou a criação de conteúdo exclusivo para as redes sociais, com fotos e vídeos, como uma forma de escapar da dependência da imprensa para a divulgação de suas mensagens. Brooks Kraft, fotógrafo que colabora com a Time, disse ao site que a "Casa Branca montou sua própria rede de distribuição".

E as pessoas confiam nesse conteúdo. Uma pesquisa recente da George Washington University Graduate School of Political Management/ORI mostrou que os eleitores confiam nas redes sociais tanto quanto nas mídias tradicionais como fonte de notícias de política.

A análise do Politico vem após um onde de críticas sobre como a Casa Branca lida com a imprensa e o acesso à informação. Quando Obama assumiu seu segundo mandato, em janeiro, o Comitê para a Proteção dos Jornalistas pediu ao presidente que pare de perseguir quem vaza informações e deixe de negar pedidos de acesso à informação.

Além disso, no início do mês, o governo foi criticado por pressionar jornais americanos, incluindo o New York Times e o Washington Post, a não divulgar informações sobre uma base secreta da CIA na Arábia Saudita, alegando que se tratavam de dados de segurança nacional.

Pouco antes, o Washington Post havia destacado que Obama passou anos sem conceder entrevistas aos grandes jornais americanos, favorecendo programas de TV apresentados por profissionais não especializados em políticas e talk shows.

Leia a análise completa do Politico aqui



No comments

Comentar

O conteúdo deste campo é privado não será exibido ao público.
By submitting this form, you accept the Mollom privacy policy.






Assine aqui a nossa newsletter semanal!

Nome Completo

Email *
Selecione as listas que deseja subscrever
Boletim Semanal (Português)

Boletín Semanal (Español)

Weekly Newsletter (English)
email marketing
by activecampaign

Facebook

Comentários recentes