Knight Center
Knight Center

Blog JORNALISMO NAS AMERICAS

Relatório aponta governos estaduais do México como um "grave obstáculo" para a liberdade de imprensa




Como consequência de sua ineficiência para solucionair os crimes contra jornalistas ou pela pressão que exerce sobre a mídia, as autoridades estaduais mexicanas se transformaram em um “grave obstáculo” para a liberdade de imprensa no país, segundo um relatório publicado em conjunto pela Associação Mundial de Jornais e Editores de Notícias (WAN-IFRA) e o Instituto Internacional de Imprensa (IPI).

O relatório foi baseado na visita de três dias feita por membros das duas organizações em fevereiro ao México. O objetivo era avaliar as medidas adotadas pelo governo do país e pelos próprios veículos para garantir a segurança dos jornalistas.

“Nossa visita ao México revelou o abismo que existe entre a aparente vontade do governo federal de abordar seriamente o problema da segurança, por um lado, e a exitação por parte de alguns estados para reconocer que a liberdade de expressão está ameaçada e facer algo a respeito”, explicou Vincent Peyrègne, diretor geral da WAN-IFRA.

O documento destaca ainda os ataques à mídia por parte do crime organizado, levando jornalistas à fuga e à autocensura. 

Desde 2000, 70 jornalistas perderam a vida, e, desde 2006 México tem sido considerado o país mais perigoso para os repórteres, segundo o IPI. 




Assine nossa newsletter semanal “Jornalismo nas Américas”

Boletim Semanal (Português)
Boletín Semanal (Español)
Weekly Newsletter (English)
 
Marketing by ActiveCampaign

Facebook