Knight Center
Knight Center

Blog JORNALISMO NAS AMERICAS

Obama aprova nova regra de dados abertos para informações públicas mais acessíveis




O presidente Barack Obama reagiu a críticas da mídia recentemente quando declarou que sua administração era “a mais transparente" da história, mas um anúncio feito hoje deixou-o mais perto de se vangloriar. Na terça-feira, 9 de maio, a Casa Branca anunciou uma Ordem Executiva exigindo que todos os novos ddados gerados pelo governo dos EUA se tornem disponíveis em formatos abertos,  declarando que "Informação é um bem cujo valor é multiplicado quando se torna de fácil acesso ao público.”

Embora o comunicado à imprensa tenha classificado a decisão como um benefício para empreendedores e para o setor privado, dados abertos legíveis por máquinas já são um objetivo para jornalistas de dados há anos. Dados legíveis por máquinas normalmente são apresentados em um formato de código aberto (tabelas CSV) ou em seu formato original (uma planilha Excel, por exemplo), e não como PDFs, que são difíceis de escanear em busca das inforomações que os jornalistas querem, especialmente se em grandes quantidades. Na semana passada, o Centro Knight para o Jornalismo nas Américas conversou com vários jornalistas de dados sobre as ferramentas que usam para contornar esse problema.

Os dados do governo dos EUA deverão tratar de energia, educação, segurança pública, finanças e desenvolvimento global e saúde. Nesta semana, diversos veículos aproveitaram dos dados abertos divulgados pela Iniciativa Saúde em Dados do governo para revelar enormes disparidades nos preços cobrados pelos hospitais de todo o país por procedimentos de rotina Medicare.

O release também notou que o governo relançou um Data.gov atualizado, um site para dados do governo com visualização e links para informações sobre outros países com acesso a dados abertos, incluindo vários latino-americanos. Há também novas ferramentas disponíveis, como a que converte automaticamente planilhas simples e conjuntos de dados em um acesso do tipo Application Programming Interface (API) para desenvolvedores como parte do Project Open Data.

O Brazil também exige que as agências do governo liberem dados em formatos legíveis por máquina. O site da Casa Branca acrescnetou que a informação oferecida em formatos abertos ainda seguirão as regras para proteger privaidade, confidencialidade e segurança



No comments

Comentar

O conteúdo deste campo é privado não será exibido ao público.
By submitting this form, you accept the Mollom privacy policy.






Assine aqui a nossa newsletter semanal!

Nome Completo

Email *
Selecione as listas que deseja subscrever
Boletim Semanal (Português)

Boletín Semanal (Español)

Weekly Newsletter (English)
email marketing
by activecampaign

Facebook

Comentários recentes