Knight Center
Knight Center

Blog JORNALISMO NAS AMERICAS

Maduro acusa CNN de orquestrar golpe de Estado na Venezuela



Nicolás Maduro. Foto via Wikimedia Commons.

O presidente da Venezuela, Nicolás Maduro, acusou a emissora CNN en Español de promover um "golpe de Estado na Venezuela", informou o El Universal. Maduro fez a acusação durante um discurso transmitido pela Venezolana de Televisión (VTV) nesta segunda, 27 de maio.

"A CNN en español é uma emissora a serviço da desestabilização, que convida abertamente para um golpe de Estado na Venezuela, que interfere na vida política e social de nossa pátria", disse Maduro, que também criticou a imprensa mundial por fazer parte de uma "guerra psicológica brutal" contra a Venezuela, noticiou a AFP.

Em artigo de resposta a Maduro, a CNN afirmou rechaçar as acusações do presidente venezuelano e disse que o convidou diversas vezes para participar de programas. "Até o momento, não recebemos respostas de nossos reiterados convites. Mais uma vez convidamos o presidente Maduro publicamente a conversar sobre esses temas importantes, e esperamos que aceite", completou a emissora.

Não é a primeira vez que um líder venezuelano acusa a mídia internacional de complô contra o país. Em janeiro deste ano, um comunicado oficial do governo acusou a mídia internacional de promover uma "guerra psicológica" em torno do estado de saúde do então presidente Hugo Chávez, que sofria de uma grave infecção pulmonar.




Assine nossa newsletter semanal “Jornalismo nas Américas”

Boletim Semanal (Português)
Boletín Semanal (Español)
Weekly Newsletter (English)
 
Marketing by ActiveCampaign

Facebook