Knight Center
Knight Center

Blog JORNALISMO NAS AMERICAS

Nova revista digital americana aposta em textos longos para atrair o interesse de produtores de cinema




Os artigos jornalísticos costumam servir de inspiração para as adaptações cinematográficas. Basta ver o filme ganhador do Oscar de 2013, "Argo", baseado na reportagem aprofundada do jornalista Joshuah Bearman para a revista Wired. Contudo, os veículos nos quais os repórteres podem publicar textos longos são cada vez mais escassos, o que limita as possibilidades de matérias bem investigadas chegarem à tela grande.

Esta é a razão pela qual Bearman se associou ao editor da revista Wired Joshua Davis para criar "Epic Magazine", uma plataforma online cujo objetivo é mostrar jornalismo que possa atrair a atenção dos executivos de filmes e se tornar o próximo sucesso cinematográfico. Os dois escritores esperam que os possíveis contratos cinematográficos entre jornalistas e produtores de filmes façam a publicação crescer e ajudem a financiar futuras investigações.

"Como jornalistas que já fizeram isto antes, criamos um sistema em que as ofertas são muito favoráveis para os jornalistas", disse Bearman ao site de notícias Deadline Hollywood, em uma entrevista realizada em 19 de agosto.

Apesar de considerarem seu modelo de negócio "experimental", Bearman e Davis sem dúvida têm as credenciais para fazer com que dê certo. Eles contam com 18 reportagens cujos direitos foram comprados para se tornarem filmes. Davis escreveu uma série de investigações para Wired em 2012 sobre John McAffee, o excêntrico ex-magnata de software acusado de assassinar seu vizinho quando vivia em Belize. Esse artigo se tornou um e-book e agora será um filme.

A nova empresa tinha apenas uma semana quando conseguiu sua primeira conquista. Epic fechou um acordo com 20th Century Fox, uma das maiores empresas da indústria do cinema. O estúdio terá o direito de olhar em primeira mão os artigos publicados pela Epic e decidir se compra os direitos para fazer um filme. Se comprarem, o autor terá uma remuneração pré-estabelecida. E se o filme for produzido, Bearman e Davis vão receber um pagamento como produtores.

Canais como o Epic podem significar uma nova oportunidade para os escritores que buscam escrever textos longos ou artigos de não ficção. Se antes os jornalistas só podiam contar com revistas como The New Yorker e Rolling Stone, agora existem novas plataformas. Epic se associou a Medium, um novo site que inclui longos textos jornalísticos e chega a calcular o tempo de leitura de cada um. Outro exemplo é The Riveter, uma nova revista multiplataforma que destaca textos longos escritos por muheres.

Reim Reider, editor e vice-presidente do American Journalism Review, escreveu um artigo de opinião em 5 de junho para o USA Today em que assegura que os dispositivos móveis são um meio ideal para tornar os textos jornalísticos longos mais atrativos. Reider cita "Snow Fall", uma matéria inovadora do New York Times que combina a narração dramática do jornalismo de formato longo com fotos, mapas e vídeos.

"Um dos primeiros erros da era da Internet foi a maneira como os meios tradicionais de notícias tomavam seu conteúdo tradicional e simplemente o republicavam online ... ["Snow Fall"] mostra como podem ser poderosos os resultados quando uma narrativa convincente se combina com elementos multimídia em uma forma orgânica", afirma Reider.

Epic tem atualmente só um artigo novo em seu site, apesar de incluir links para alguns dos artigos mais famosos dos dois fundadores.



No comments

Comentar

O conteúdo deste campo é privado não será exibido ao público.
By submitting this form, you accept the Mollom privacy policy.






Assine aqui a nossa newsletter semanal!

Nome Completo

Email *
Selecione as listas que deseja subscrever
Boletim Semanal (Português)

Boletín Semanal (Español)

Weekly Newsletter (English)
email marketing
by activecampaign

Facebook

Comentários recentes