Knight Center
Knight Center

Blog JORNALISMO NAS AMERICAS

SIP celebra decisão de corte equatoriana de analisar processo contra nova Lei de Comunicação do país




Por Maria Hendrischke

Rafael Correa, presidente do Equador, assina a Lei Orgánica de Comunicação em 21 de junho de 2013. Foto: Presidência da República do Equador.

A Sociedade Interamericana de Imprensa (SIP, na sigla em espanhol) aplaudiu a decisão da Corte Constitucional do Equador de aceitar a ação por inconstitucionalidade apresentada no ano passado contra a polêmica Lei Orgânica de Comunicação. A SIP espera que a ação reinicie o debate sobre as medidas estabelecidas pela lei que limitam a liberdade de expressão no país.

“Esta medida abre esperanças de que o Equador se recupere de uma legislação que surgiu como uma mordaça para a imprensa e os jornalistas independentes e críticos e, no melhor dos casos, incentiva a auto-censura por medo de represálias econômicas e penais", disse Claudio Paolillo, presidente da Comissão de Liberdade de Imprensa e informação da SIP.

No ano passado, cerca de 60 cidadãos – entre eles políticos, juízes, escritores e jornalistas – apresentaram uma ação contra a lei acusando-a de ser inconstitucional e ofender tratados internacionais de direitos humanos. A Corte Constitucional aceitou a ação em 23 de janeiro.

Os autores também pediram a suspensão da aplicação da lei como medida de precaução, mas este pedido foi negado.

O chargista Xavier Bonilla foi o primeiro comunicador a ser chamado na Superintendência de Informação e Comunicação, um organismo criado sob a nova Lei de Comunicação. Bonilla foi acusado de “distorcer a verdade e promover a agitação social” por publicar uma charge que fazia alusão ao abuso do poder policial.

Desde que a Assembleia Nacional do Equador aprovou a lei, em junho do ano passado, os meios nacionais privados e as organizações internacionais vem fazendo críticas a ela por colocar em risco a liberdade de expressão e intimidar o jornalismo de investigação, o que poderia conduzir a autocensura por parte dos meios por medo das consequências judiciais.



No comments

Comentar

O conteúdo deste campo é privado não será exibido ao público.
By submitting this form, you accept the Mollom privacy policy.






Assine aqui a nossa newsletter semanal!

Nome Completo

Email *
Selecione as listas que deseja subscrever
Boletim Semanal (Português)

Boletín Semanal (Español)

Weekly Newsletter (English)
email marketing
by activecampaign

Facebook

Comentários recentes