Knight Center
Knight Center

Blog JORNALISMO NAS AMERICAS

Nova iniciativa de canal de TV norte-americano busca transformar usuários do Google Glass em jornalistas cidadãos



Google Glass. Foto: Ted Eytan via Flickr.

Em um esforço para explorar o potencial do que desde já pode se tornar uma importante ferramenta tanto para jornalistas quanto para cidadãos , a emissora de notícias norte-americana CNN começou na semana passada a recrutar pessoas que tenham adquirido o novo aparato portátil Google Glass para que compartilhem com o veículo suas histórias, fotos e vídeos. A ação torna o canal a cabo o primeiro meio importante do país a anunciar uma estratégia com a nova tecnologia.

A iniciativa fará parte da plataforma da CNN de jornalismo cidadão, a iReport. A emissora recebeu sua primeira entrega – uma foto de uma bomba de gás em Miami comentando sobre o alto preço da gasolina na cidade – pouco depois de lançar o projeto, na quarta-feira passada.

“Nunca se sabe quando seremos testemunhas de um fato noticioso, e esta é uma maneira simples e rápida de compartilhar as imagens e vídeos capturados com seu Glass", escreveu a editora de iReport Katie Hawkins-Gaar em uma nota anunciando a iniciativa.

ZDNet notou que o esforço pode parecer prematuro já que a atual penetração no mercado do aparato é baixa. Só umas 30 mil pessoas em todo o mundo contam com o Google Glass e, com um preço de 1.500 dólares pela versão piloto do aparato, o custo continua sendo restritivo.

Contudo, é possível que a criação de uma comunidade com os primeiros usuários de Google Glass gere benefícios. Em entrevista com ZDNet, Hawkins-Gaar acrescentou que parte da meta para CNN é observar como os repórteres do veículo podem usar o aparato em suas atividades.

"Antecipando que Glass algum dia possa se tornar uma tecnologia de alto uso, o experimento com técnicas de reportagem assistidas por aparatos portáteis seria um passo a frente de todos os demais meios noticiosos", escreveu Zach Whittaker de ZDNet.

Por agora CNN só receberá contribuições de usuários de Google Glass dos Estados Unidos, informou Whittaker.

Google encorajou seus usuários a experimentar com o aparato e compartilhar suas fotos e vídeos.

Vários jornalistas também já perceberam o potencial do dispositivo como ferramenta jornalística.

“É a plataforma portátil mais madura que atualmente existe. E precisamos ser proativos e decifrar como usá-la", disse o professor da Universidade do Sul da Califórnia (USC) e especialista em jornalismo mobile Robert Hernandez em uma recente entrevista com a revista Fast Company.

Este outono, Hernandez ministrará um curso em USC no qual trabalhará com seus estudantes para desenvolver software com aplicações jornalísticas para a plataforma de Google Glass, segundo Fast Company.



No comments

Comentar

O conteúdo deste campo é privado não será exibido ao público.
By submitting this form, you accept the Mollom privacy policy.






Assine aqui a nossa newsletter semanal!

Nome Completo

Email *
Selecione as listas que deseja subscrever
Boletim Semanal (Português)

Boletín Semanal (Español)

Weekly Newsletter (English)
email marketing
by activecampaign

Facebook

Comentários recentes