Knight Center
Knight Center

Blog JORNALISMO NAS AMERICAS

Jornalistas do pioneiro site de notícias El Faro, de El Salvador, são agraciados com o Prêmio García Márquez de Excelência




Jornalistas do site de notícias El Faro, considerado o mais antigo nativo digital da América Latina, foram os vencedores na categoria “Reconhecimento de Excelência Jornalística” do Prêmio de Jornalismo Gabriel García Márquez.

A premiação, agora em seu quarto ano, é dada aos jornalistas reconhecidos pela “independência, integridade e compromisso com os ideais de serviço público do jornalismo,” segundo o site do prêmio.

A Fundação Gabriel García Márquez para o Novo Jornalismo Ibero-Americano (FNPI por sua sigla em espanhol) criou o prêmio e o festival de mesmo nome para  homenagear o falecido escritor e jornalista colombiano Gabriel García Márquez, carinhosamente conhecido como Gabo, e o jornalismo na Ibero-América.

“Este prêmio, concedido pela primeira vez a uma equipe e não a um indivíduo, reconhece a qualidade do jornalismo do El Faro e também a coragem de seus jornalistas, que realizam seu trabalho sob riscos e em condições muito adversas, para investigar e divulgar histórias e temas que possuem ressonância indispensável no debate público,” de acordo com a decisão do conselho consultivo do prêmio.

O comitê disse que o site é um exemplo “na busca pela excelência, consistência ética e inovação, não só no seu país, mas em todo o continente.” A premiação especificamente reconheceu os jornalistas Oscar Martínez, Carlos Martínez, Daniel Valencia, Roberto Valencia, Saúl Vaquerano, Elmer Menjívar, Sergio Aráuz, Gabriel Labrador, Edith Portillo, César Castro Fagoaga, Rodrigo Baires, Efrén Lemus, Fred Ramos, Mauro Arias, Edu Ponces, Marcela Zamora, Carlos Dada e José Luis Sanz.

O júri destacou a narrativa e o compromisso com a defesa dos direitos humanos por parte da equipe jornalística, salientando histórias que documentam o crime organizado na região e a migração de centro-americanos para os Estados Unidos.

Também foram aclamados os livros e um documentário criados pelos jornalistas do site, que foram considerados pelo comitê “elementos essenciais para o debate público sobre a violência, o crime organizado e a migração, envolvendo governos, organizações sociais, agências especializadas e a imprensa internacional."

O jornalista Carlos Dada e o empresário Jorge Simán fundaram El Faro em 1998 como um jornal online porque consideravam que um produto impresso não seria uma opção viável, como afirmado pelo jornalista César Castro Fagoaga em um perfil do site da premiação.

De acordo com o perfil, Simán disse que os fundadores gostaram do nome El Faro, que se traduz em “farol”, porque “ele está associado ao mundo tecnológico no qual estávamos nos intrometendo. Queríamos encontrar uma maneira de contribuir para a construção de um país melhor.”

A equipe do El Faro receberá 33 milhões de pesos colombianos (cerca de USD $ 11,300 dólares) como reconhecimento.

Entre os vencedores anteriores do prêmio estão a jornalista de dados costa-riquenha Giannina Segnini (2013), o diretor do Conselho de Ética da FNPI Javier Darío Restrepo (2014), a jornalista mexicana e fundadora da Rede de Jornalistas a Pé Marcela Turati (2014), e a repórter e editora brasileira Dorrit Harazim (2015).

O Festival do Prêmio de Jornalismo Gabriel García Márquez será em Medellín, Colômbia, entre os dias 29 de setembro e 1o de outubro de 2016.

O júri para a atribuição do prêmio incluiu Jean-François Fogel, da França, Carlos Fernando Chamorro e Sergio Ramírez, da Nicarágua, Germán Rey e María Teresa Ronderos, da Colômbia, Héctor Feliciano, de Porto Rico, Jon Lee Anderson, dos Estados Unidos, Martín Caparrós, da Argentina, Mónica González, do Chile, e Rosental Alves, do Brasil. [Nota da editora: Rosental Alves é o fundador e diretor do Centro Knight para o Jornalismo nas Américas.]




Assine nossa newsletter semanal “Jornalismo nas Américas”

Boletim Semanal (Português)
Boletín Semanal (Español)
Weekly Newsletter (English)
 
Marketing by ActiveCampaign

Facebook