Knight Center
Knight Center

Blog JORNALISMO NAS AMERICAS

Editora da Vox, Melissa Bell, vai encarar os problemas que a mídia enfrenta em sua palestra no ISOJ 2017




A editora da Vox Media, Melissa Bell, está armada com uma série de soluções para melhorar as conexões entre os meios de comunicação e as audiências que ela irá compartilhar durante a sua apresentação no sábado, 22 de abril, no 18º Simpósio Internacional de Jornalismo Online (ISOJ).

Melissa Bell (arquivo pessoal)

Em uma entrevista em 17 de abril, Bell disse que a indústria de notícias está em "fluxo". As muitas questões que os meios de comunicação enfrentam nesta era de ruptura digital foram levantadas na última década e, no entanto, "há mais confusão no ambiente das notícias".

"Os problemas são ainda mais graves", diz Bell, sobre uma crescente desinformação e uma falta de consciência de que a Internet é uma plataforma "bifurcada".

Uma das principais preocupações de Bell –e também da própria indústria– é a construção de um modelo de negócio sustentável que apoie o jornalismo de qualidade. Ela afirma que não será bom o suficiente se apenas dois ou três veículos nacionais forem bem-sucedidos porque isso "não vai permitir que uma indústria de notícias realmente floresça".

De um ponto de vista histórico, Bell diz que um erro dos veículos é aplicar tecnologia velha à tecnologia nova, assim como no início da era do rádio os boletins eram retirados das primeiras páginas dos jornais e, no início da Internet, os jornais simplesmente transferiam o conteúdo do impresso para o site.

Isso também remonta aos dias em que os meios de comunicação tinham "uma enxurrada de receitas", criando uma cultura de que os programas de notícias não precisavam gerar renda por conta própria. Eles não enfrentaram a questão que constrange a indústria de hoje: "Como você realmente consegue sustentar as notícias?"

A questão da sustentabilidade é ainda mais grave na era da Internet, levando Bell a afirmar que os veículos "precisam estar preocupados com a receita de uma forma real".

Para isso, a Vox Media lançou o Concert, "uma experiência de anúncio premium", que complementa a "experiência editorial premium" da Vox Media com a NBC Universal em abril do ano passado, explica Bell.

A ideia do Concert começou com as "oito marcas fortes", que incluem Vox, Eater, SB Nation, Recode, The Verge, Polygon, Curbed e Racked. Os funcionários trabalham duro para manter as marcas da Vox Media relevantes e bem-sucedidas, então por que não aplicar essa tradição e experiência à publicidade? Os objetivos, acrescenta Bell, incluem a criação de "anúncios de alta performance", assegurando ao mesmo tempo que o público "não tenha experiências ruins de anúncios".

Conectada à audiência, Bell também observa que no passado - e talvez isso não esteja bem resolvido até hoje - os veículos diziam para as pessoas o que era uma "notícia objetiva", mas o público era mais sofisticado e sabia que o que eles estavam recebendo nem sempre era a história verdadeira. Ao invés disso, ela sugere que os meios de comunicação devem pensar em "advogar para o público... Levá-los nessa jornada."

Após a sua fala às 13h30 de 22 de abril, Bell será entrevistada no palco por Jeff Jarvis, professor e diretor do Tow-Knight Center of Entrepreneurial Journalism, da CUNY.

O ISOJ, que reúne uma mistura única de profissionais de jornalismo e acadêmicos de mais de 40 países, começa na sexta-feira, 21 de abril, no Blanton Museum, no campus da Universidade do Texas, em Austin. As inscrições para o evento estão fechadas, mas uma transmissão ao vivo será realizada pelo YouTube e Facebook em 21 e 22 de abril.








Assine aqui a nossa newsletter semanal!

Nome Completo

Email *
Selecione as listas que deseja subscrever
Boletim Semanal (Português)

Boletín Semanal (Español)

Weekly Newsletter (English)
email marketing
by activecampaign

Facebook

Comentários recentes