Knight Center
Knight Center

Blog JORNALISMO NAS AMERICAS

Sites de meios digitais da Colômbia e do Brasil vencem o Data Journalism Awards 2017




Uma equipe da Colômbia que trabalha para documentar o conflito armado de décadas naquele país e uma organização que revela as ações judiciais utilizadas para impedir a disseminação da informação pública no Brasil estão entre os vencedores do Data Journalism Awards (DJA) 2017.

O júri reconheceu o colombiano Rutas del Conflicto como o website de jornalismo de dados do ano. O portal Ctrl + X da Associação Brasileira de Jornalismo Investigativo (Abraji) recebeu o prêmio na categoria pequena sala de redação.

Os prêmios, que tiveram início em 2012 para reconhecer os melhores projetos de jornalismo de dados em todo o mundo, foram anunciados no 7º Encontro Anual do GEN em Viena, Áustria, em 22 de junho. A competição tem o apoio do Google News Lab e da John S. e James L. Knight Foundation, e conta com o Chartbeat como parceiro. Cada um dos 12 vencedores receberá US $ 1,801.

 

Rutas del Conflicto, uma plataforma online destinada à pesquisa e coleta de dados, foi criada pelo jornalista e engenheiro de sistemas Óscar Parra para preencher a lacuna de informação sobre o conflito armado colombiano. O projeto é uma colaboração entre Parra, jornalistas profissionais e estudantes da Universidad del Rosario, em Bogotá.

"Rutas del Conflicto reúne um conteúdo exclusivo – construindo com grande esforço, a partir do zero, um banco de dados que esclarece, por meio de narrações, visualizações, mapas e histórias aprofundadas, os massacres do conflito armado colombiano desde 1982", disse o júri. "Isto faz deste site não só um verdadeiro serviço público para leitores e jornalistas, mas também uma excelente forma de esclarecer o público e honrar a memória das vítimas."

Ctrl + X foi criado durante as eleiões de 2014 para monitorar demandas judiciais exigindo a remoção de conteúdo da Internet. O projeto utiliza coleta de dados automatizada e conta com uma equipe de jornalistas para encontrar casos em que procedimentos legais são usados ​​para remover material publicado por jornalistas e outros produtores de conteúdo. Ctrl + X também estava na lista de indicados ao DJA 2017 na categoria jornalismo de dados do ano.

 

"Os jornalistas de dados coletaram e catalogaram cerca de 2.500 processos apresentados por políticos brasileiros que estavam tentando remover a informação do público, e criaram dados interativos de fácil uso com design muito limpo e características personalizadas", disse o júri. "Não só forneceu informações detalhadas sobre a liberdade de expressão, mas também disponibilizou estes dados para outros meios de comunicação para informar sobre a questão da transparência, especialmente durante o período eleitoral de 2016, onde tais informações seriam cruciais para os cidadãos, mas que não estavam públicas nem facilmente acessíveis."

 

 

 

Oito projetos latino-americanos foram selecionados para a lista de indicados, que foi anunciada em maio. Essa lista foi reduzida de um grupo de 573 projetos representando 51 países.

Na lista de indicados deste ano também estão incluídos:








Assine aqui a nossa newsletter semanal!

Nome Completo

Email *
Selecione as listas que deseja subscrever
Boletim Semanal (Português)

Boletín Semanal (Español)

Weekly Newsletter (English)
email marketing
by activecampaign

Facebook

Comentários recentes