Knight Center
Knight Center

Blog JORNALISMO NAS AMERICAS

Videojornalismo para plataformas digitais: inscrições abertas para novo curso online em português



Produzir vídeos jornalísticos atraentes é uma forma de se diferenciar em novas plataformas e engajar a audiência. Mas o que é preciso saber para fazer melhor uso do poder dos vídeos no mercado digital? Para ajudar profissionais e estudantes de jornalismo a responderem essa questão, o Centro Knight para o Jorrnalismo nas Américas, com a parceria da Associação Nacional de Jornais (ANJ) e o apoio do Google News Lab, lança seu novo curso massivo: "Videojornalismo: narrativas visuais para plataformas digitais".

O MOOC será oferecido em português, de 24 de julho a 20 de agosto. Em quatro semanas, os estudantes aprenderão os principais conceitos e técnicas para produzir histórias em vídeo efetivas para plataformas digitais. Para conhecer o programa do curso e se inscrever, clique aqui.

"Videojornalismo: narrativas visuais para plataformas digitais" terá dois instrutores experientes e premiados por seus trabalhos com narrativas multimídia. O já veterano em cursos massivos João Wainer, ex-editor da TV Folha e vencedor do Prêmio Esso na categoria Telejornalismo pela cobertura dos protestos de junho de 2013, vai ter a companhia de Alessandro Alvim, editor assistente do Globo que há três anos vem se dedicando a trabalhar com conteúdo multimídia com foco em inovação. Seu trabalho já foi reconhecido pela Society for News Design (SND), SND-Digital, Sociedade Interamericana de Imprensa (SIP), Prêmio Malofiej, Prêmio Esso e Prêmio Petrobras.

Em 2016, Wainer também foi instrutor em um dos mais exitosos cursos massivos em português do Centro Knight, "Produção de vídeos jornalísticos para a Internet", que teve mais de 6.200 participantes, recorde dos cursos massivos em português.

Durante os quatro módulos do MOOC, os participantes vão ter lições sobre a evolução das narrativas visuais no ambiente digital; aspectos importantes das narrativas como layout, usabilidade e funcionalidade; como estruturar o vídeo e preparar entrevistas; técnicas de roteiro para serem aplicadas durante a montagem; elementos estéticos que ajudam a produzir interesse nos vídeos que queremos produzir.

"A audiência de vídeo está crescendo. A questão é: que tipo de vídeo queremos produzir? Que tipo de narrativas queremos para nossas histórias?", disse Wainer. "O nosso curso vai buscar responder isso, trazendo dicas para tornar os vídeos jornalísticos interessantes. Não precisamos simplesmente contar uma história, precisamos fazer um bom filme com essa história, e vamos ver como colocar elementos mais cinematográficos a serviço do jornalismo". 

Como todos os MOOC anteriores do Centro Knight, este curso é dirigido principalmente a jornalistas, mas qualquer pessoa do mundo com uma conexão à internet poderá fazê-lo. Editores, repórteres, designers, fotógrafos ou outros interessados em vídeo podem participar. Não se requer experiência prévia com conceitos ou ferramentas.

Este curso incluirá vídeos, tutoriais, materiais de leitura, exercícios e fóruns de debate. Como os MOOCs anteriores do Centro Knight, o curso estará dividido em módulos semanais e será totalmente assíncrono; ou seja, não haverá aulas ao vivo. Embora cada estudante possa fazer o curso nos horários e dias que preferir, cada módulo semanal terá um prazo para a entrega dos exercícios e participação nos fóruns de debate.

“A produção de vídeos jornalísticos de qualidade para plataformas digitais se tornou uma das principais necessidades e um dos principais desafios que enfrentam as redações de todo o mundo. Mesmo as emissoras de televisão enfrentam este desafio, porque não é só postar online os vídeos da TV tradicional”, disse Rosental Alves, diretor do Centro Knight para o Jornalismo nas Américas. “Estamos agradecidos ao Google News Lab por apoiar este projeto da ANJ em associação com o Centro Knight e aos dois excelentes instrutores.”

"Pesquisas mais recentes vêm mostrando que a audiência e a permanência em uma determinada plataforma digital aumentam quando o conteúdo favorece o leitor, em especial, com vídeo e recursos gráficos eficientes", afirmou Alvim.

Qualquer pessoa pode se inscrever em nosso programa de MOOCs online e, uma vez inscrito, o participante receberá instruções para iniciar o curso. As pessoas inscritas têm acesso imediato ao programa do curso e à informação introdutória sobre como utilizar a plataforma de ensino à distância do Centro Knight.

Apesar de o curso ser gratuito, se os participantes desejarem receber um certificado, deverão cumprir com os requisitos exigidos e pagar online uma taxa administrativa de 30 dólares usando um cartão de crédito internacional. O certificado será entregue apenas aos estudantes que tenham participado ativamente no curso e finalizado os testes e exercícios propostos. Os certificados serão baixados da internet em formato PDF depois que o Centro Knight comprovar que o participante cumpriu as obrigações do curso. Nenhum crédito de curso formal de qualquer tipo é associado ao certificado.

Este é o sexto MOOC em português que o Centro Knight organiza em parceria com a ANJ, com o apoio do Google. Em 2014, foram oferecidos os cursos “Introdução à Visualização de Dados e Infografia” e "Introdução ao Jornalismo Móvel". Em 2015, "Técnicas Básicas do Jornalismo de Dados". Em 2016, "Produção de vídeos jornalísticos para a Internet". Este ano, a parceria já possibilitou a realização do curso "Fact-checking: a ferramenta para combater notícias falsas".

A Associação Nacional dos Jornais reúne os principais diários do Brasil. A ANJ foi criada em 1979 para defender a liberdade de expressão, pensamento e propaganda, o funcionamento sem restrições da imprensa, observados os princípios de responsabilidade, e lutar pela defesa dos direitos humanos, os valores da democracia representativa e a livre iniciativa.

O Google News Lab é a ponte entre as redações e o Google para acelerar a inovação jornalismo. A equipe trabalha com jornalistas e empreendedores em quatro áreas temáticas, usando o fôlego tecnológico do Google: jornalismo de dados, jornalismo imersivo, diversidade no jornalismo e credibilidade e verificação.

O Centro Knight para o Jornalismo nas Américas foi criado em 2002 pelo professor Rosental Calmon Alves, titular da Cátedra Knight de Jornalismo e da Cátedra UNESCO de Comunicação na Escola de Jornalismo daUniversidade do Texas, em Austin. O Centro tem recebido contribuições da Fundação John S. & James L. Knight e de outros doadores como a Open Society Foundations e da Escola de Comunicação da Universidade do Texas em Austin.








Assine aqui a nossa newsletter semanal!

Nome Completo

Email *
Selecione as listas que deseja subscrever
Boletim Semanal (Português)

Boletín Semanal (Español)

Weekly Newsletter (English)
email marketing
by activecampaign

Facebook

Comentários recentes