Knight Center
Knight Center

Blog JORNALISMO NAS AMERICAS

Nexo vence OJA 2017 e se torna primeiro veículo brasileiro a levar prêmio de excelência em jornalismo online



O jornal digital brasileiro Nexo venceu no dia 7 de outubro o prêmio do Online Journalism Awards 2017 na categoria “Excelência Geral em Jornalismo Online - pequenas redações”. Com isso, o veículo se tornou o primeiro do país a vencer na principal categoria da premiação da Online News Association (ONA), que reconhece a excelência do jornalismo digital feito ao redor do mundo.

Exclusivamente digital e sediado em São Paulo, o Nexo foi lançado em 2015 apostando em jornalismo de contexto, inovando na abordagem da informação e na maneira em que ela é apresentada. Os jurados do OJA reconheceram no meio brasileiro “visualizações interativas e integradas, que criam uma rica experiência para o usuário, a alta qualidade de seu jornalismo e a dedicação criativa para encantar e informar audiências em uma variedade de plataformas”.

Nexo se tornou o primeiro veículo brasileiro a vencer principal premiação do OJA (Reprodução)

Para Paula Miraglia, uma das fundadoras do Nexo, a categoria na qual o veículo foi laureado “traduz a ambição do nosso modelo”. “Um jornalismo com rigor em se tratando da qualidade da informação e dos dados, com diversidade de perspectivas e fontes, que explore todas as possibilidade oferecidas pelo digital e que, portanto, esteja sempre inovando do ponto de vista da experiência do usuário”, disse ao Centro Knight.

O prêmio também “reafirma a possibilidade de que um veículo pode ser exclusivamente digital, jovem e ainda assim ser relevante e contribuir para o debate público”, afirmou.

Com cerca de 30 pessoas em sua equipe, o Nexo venceu o prêmio do OJA 2017 na categoria “pequenas redações”, competindo com publicações online norte-americanas de grande prestígio, como a Texas Tribune e o Marshall Project. A premiação também reconheceu a “excelência geral em jornalismo online” do canadense The Globe and Mail e do suíço Les Temps, nas categorias “grandes redações” e “médias redações”, respectivamente.

O Nexo também foi o único veículo latino-americano indicado ao OJA 2017. A premiação é realizada desde 2000 pela ONA e neste ano reconheceu principalmente veículos dos Estados Unidos. Meios europeus como o britânico The Guardian e o italiano La Reppublica, assim como o catariano Al Jazeera, também venceram em outras categorias.

O jornal digital brasileiro é um dos representantes da leva de veículos lançados no Brasil nos últimos cinco anos que investem em jornalismo “inovador, inspirador e independente”, ou 3i. Este inclusive é o nome do festival que está sendo organizado pelo Nexo e por outras sete organizações nativas digitais brasileiras e que acontecerá nos dias 11 e 12 de novembro no Rio de Janeiro.

O Festival 3i “pretende ser um espaço de encontro e reflexão nesse momento de inovação no jornalismo latino-americano, possibilitando trocas de experiência, apoio e aprendizados”, explicou Miraglia. Segundo ela, o evento coletivo “mostra que hoje há uma diversidade de iniciativas de jornalismo em termos de natureza, nicho e escala, todas elas inovando de alguma maneira”.

“O que fica claro é que o ecossistema do jornalismo está cada vez mais diverso, com múltiplos atores, e que essa vai ser uma característica do futuro da indústria”, afirmou.




Assine nossa newsletter semanal “Jornalismo nas Américas”

Boletim Semanal (Português)
Boletín Semanal (Español)
Weekly Newsletter (English)
 
Marketing by ActiveCampaign

Facebook