Knight Center
Knight Center

Blog JORNALISMO NAS AMERICAS

Meredith Artley, Ben Smith e Marty Baron serão os principais palestrantes do ISOJ deste ano



No 19º ISOJ anual, vamos ouvir palestrantes principais que lideram algumas das principais organizações de notícias dos Estados Unidos.

Meredith Artley, VP sênior e editora-chefe da CNN Digital (Cortesia)

Na sexta-feira, 13 de abril, iniciaremos o ISOJ com um painel de palestras sobre se os jornais estão em uma era pós-propaganda. O painel será presidido por Jim Moroney, presidente e diretor executivo da A.H. Belo Corporation, e contará com Jim Friedlich, Sara Glines, David Perpich e Earl Wilkinson.

Mais tarde no mesmo dia, ouviremos a palestrante principal Meredith Artley, vice-presidente sênior e editora-chefe da CNN Digital. Ela lidera uma equipe global de mais de 250 repórteres, editores e produtores, além de supervisionar a criação, programação e publicação de conteúdo em todas as propriedades digitais da CNN. Sob sua liderança, a CNN Digital tornou-se a número 1 em usuários únicos em smartphone e desktop, a número 1 em vídeo e a organização de notícias mais seguida e curtida nas redes sociais.

Em uma entrevista ao The Huffington Post ano passado, Artley disse que o grande desafio para a CNN avançar é descobrir como "crescer o público e os negócios necessários para apoiar o jornalismo independente global da CNN neste cenário em constante mudança". É fundamental que possamos entender isso. ... Estamos mais focados do que nunca na CNN em como fazer reportagens precisas e essenciais que falem com e para audiências em todo o espectro político".

Na manhã de sábado, 14 de abril, assistiremos outro estimado líder da mídia digital: o editor-chefe do BuzzFeed, Ben-Smith, que ocupará o palco central para uma conversa com o CEO do Texas Tribune, Evan Smith.

Smith, do BuzzFeed, falará sobre seu trabalho no site, em que liderou a expansão de mais de 20 plataformas verticais de conteúdo e aumentou o tráfego do site para mais de 200 milhões de visitantes únicos mensais. Sob sua liderança, a cobertura do BuzzFeed cresceu para incluir negócios, reportagens investigativas, jornalismo de longo formato, entretenimento e política.

Ben Smith, editor-chefe do BuzzFeed (Cortesia)

A cobertura política da BuzzFeed ganhou atenção abrangente no ano passado, após a publicação pelo site de um dossiê de inteligência privado alegando laços de Donald Trump com a Rússia. Em um artigo de opinião publicado no New York Times no mês passado, Smith explicou por que ele se orgulha de o BuzzFeed ter publicado o dossiê: "Um ano de investigações governamentais e jornalismo de sucesso deixaram claro que o dossiê é, sem dúvida, uma notícia real". Ele continuou dizendo: "Nós acreditamos firmemente que publicar o documento em disputa cuja existência nós e outros reportamos era de interesse público".

Smith vai compartilhar mais sobre o trabalho do BuzzFeed durante sua palestra, que será seguida no mesmo dia por uma sessão de perguntas e respostas com Josh Benton, do Nieman Lab, e nosso palestrante principal final: o editor-executivo do Washington Post, Marty Baron.

Baron liderou três jornais vencedores de Prêmios Pulitzer e foi retratado no filme de 2015 Spotlight, por seu trabalho liderando a investigação inovadora do Boston Globe de abuso sexual na Igreja Católica. Baron liderou o Post ao longo de inúmeras mudanças, incluindo a compra do jornal por Jeff Bezos em 2013. A Quartz informou recentemente: "Desde que Bezos comprou o Post há quatro anos, Baron disse que o jornal agregou 150 funcionários em suas redações e contratou 'muitos' engenheiros. Além disso, o jornal cruzou a marca de 1 milhão de assinantes online e no ano passado se tornou lucrativo 'pela primeira vez em muitos anos'".

Em uma entrevista com a Poynter, Baron compartilhou sua opinião sobre a importância dos assinantes online e do conteúdo pago.

Marty Baron, editor-executivo do Washington Post (Cortesia)

"Eu acho que as pessoas entenderam que se querem jornalismo de qualidade, elas precisam pagar por isso", disse Baron. "Isso é verdade no nível nacional e é especialmente verdade no nível local e regional, em que passei a maior parte da minha carreira. Eles [o jornalismo local e regional] oferecem algo único, realmente único, que ninguém vai cobrir suas comunidades do jeito que eles fazem, e acho que isso deve ser levado para as casa das pessoas nessas comunidades que terão que pagar por isso. Realmente não é tanto dinheiro".

Esperamos que você se junte a nós no ISOJ deste ano para ouvir Baron e nossos outros palestrantes principais. Você pode encontrar nossa crescente programação de palestrantes aqui, e se inscrever aqui. As vagas são preenchidas rapidamente, por isso encorajamos você a se inscrever mais cedo, antes que os ingressos para a conferência se esgotem. A taxa de inscrição adiantada com desconto está disponível até 28 de fevereiro. As tarifas aumentarão em 1º de março.



Temas:


Assine nossa newsletter semanal “Jornalismo nas Américas”

Boletim Semanal (Português)
Boletín Semanal (Español)
Weekly Newsletter (English)
 
Marketing by ActiveCampaign

Facebook