Knight Center
Knight Center

Blog JORNALISMO NAS AMERICAS

Novo fundo é lançado para acelerar mídia independente digital na América Latina com financiamento e consultoria



Numa época em que o jornalismo está sujeito a várias ameaças na América Latina, a mídia independente exige não apenas financiamento suficiente, mas também encorajamento e orientação de outras organizações que experimentaram fórmulas bem-sucedidas.

Velocidad (Screenshot)

Com isso em mente, a SembraMedia e o Centro Internacional de Jornalistas (ICFJ, na sigla em inglês), com financiamento da Luminate, lançaram o Velocidad, um acelerador de mídia com o objetivo de promover a sustentabilidade e o crescimento de projetos de jornalismo digital de alta qualidade, com independência editorial, que operam na América Latina.

Janine Warner e Mijal Iastrebner, co-fundadores da SembraMedia, uma organização que promove o jornalismo empreendedor na Ibero-América, apresentaram a iniciativa durante o 12º Colóquio Ibero-americano de Jornalismo Digital, realizado em 14 de abril na Escola de Jornalismo da Universidade do Texas. em Austin, um evento após o Simpósio Internacional de Jornalismo Online (ISOJ).

"Com este acelerador, podemos incentivar não apenas o investimento, mas também o acompanhamento e a consultoria, e um olhar contemporâneo e dinâmico sobre o que está acontecendo no mercado. Com isso, podemos realmente dar um impulso ao jornalismo que sabemos estar sendo feito na América Latina, que não é apenas jornalismo de alta qualidade, mas também jornalismo necessário", disse Iastrebner.

A iniciativa – organizada pela SembraMedia e pelo ICFJ inclui um fundo de US$ 1,5 milhão fornecido pela Luminate, a organização filantrópica do The Omidyar Group.

O suporte para a mídia selecionada consistirá em financiamento e 1.600 horas de consultoria especializada. As organizações escolherão 75 mídias digitais para o primeiro turno, das quais 25 irão para um segundo estágio. Todos os semifinalistas receberão um relatório de recomendação e acesso total à escola online da SembraMedia, embora apenas um máximo de 10 meios recebam os fundos.

"Vamos apoiar esse processo fazendo algo bastante personalizado, então a quantidade de meios que estamos escolhendo nos permite focar e realmente personalizar essa aceleração", disse Iastrebner. "E nós vamos apoiar isso com algo que fazemos muito bem, que é oferecer uma grande rede de jornalistas especializados, tanto do nosso campo quanto de fora de nosso campo, que podem ser complementares e criar um universo mais expandido para estes meios de comunicação."

O meio que busca fundos da Velocidad deve ser nativo digital ou nas redes sociais, operando em espanhol ou português. O concorrente deve aspirar a ter independência econômica e editorial e ser sustentado com mais de uma fonte de renda diversificada. Além disso, deve ter uma vida útil mínima de seis meses na indústria, gerar conteúdo que tenha impacto social ou cívico em suas comunidades e não deve ter qualquer relação com entidades eclesiásticas ou políticas.

O período de inscrição para o Velocidad foi aberto em 13 de abril durante o ISOJ, e permanecerá aberto até 1º de julho. Em setembro deste ano, os 25 finalistas serão escolhidos e em janeiro de 2020 a primeira rodada de 10 mídias vencedoras será anunciada.

"Hoje temos mais de 800 exemplos incríveis de jornalismo independente na América Latina e vem de três anos e meio de estudo, mapeamento, pesquisa, tentando entender o que funciona, o que não funciona, que ideias podemos compartilhar e como podemos ajudar essas novas vozes a serem mais bem reconhecidas”, disse Werner.




Assine nossa newsletter semanal “Jornalismo nas Américas”

Boletim Semanal (Português)
Boletín Semanal (Español)
Weekly Newsletter (English)
 
Marketing by ActiveCampaign

Facebook