Knight Center
Knight Center

Blog JORNALISMO NAS AMERICAS

Dono de jornal é morto em emboscada em Maricá, no Rio de Janeiro



Robson Giorno, dono do jornal online O Maricá na cidade de mesmo nome do Estado do Rio de Janeiro, foi assassinado com três tiros em frente à sua casa no último sábado, 25 de maio.

Segundo a polícia, Giorno foi atraído para fora de casa antes de ser morto, conforme reportou o jornal Extra.

A delegada Bárbara Lomba, titular da Delegacia de Homicídios de Niterói, São Gonçalo e Itaboraí (DHNSGI), disse nesta segunda-feira, 27 de maio, ao Extra que Giorno “saiu de casa por volta das 22h, para realizar uma atividade específica”.

“Entendemos que ele foi levado para fora, acreditamos que ele foi induzido. Havia acabado de sair de casa, quando passou um carro e o executou. Estavam esperando que ele viesse. O crime foi planejado, foi uma execução, uma emboscada”, disse a delegada.

Além de ser o responsável pelo site de notícias, Giorno atuava na política local. Segundo o Extra, ele foi presidente do Partido Social Liberal (PSL) em Maricá durante cinco anos e pré-candidato à prefeitura em 2015, mas retirou a candidatura antes das eleições de 2016.

Ao morrer, ele era filiado ao partido Avante e pré-candidato a prefeito de Maricá pela legenda, conforme o Centro Knight apurou junto à direção estadual do Avante RJ.

A delegada Lomba disse ao Extra que a polícia segue investigando para determinar a motivação para o assassinato. Ela disse poder afirmar que o crime está relacionado à atuação de Giorno, mas sem especificar se seria sua atuação jornalística ou política.

Vamos buscar a possível motivação, que pessoas ele estava criticando, se havia divergências. Temos que reconstruir os passos inclusive das vítimas, não podemos fechar em nenhuma hipótese, mas podemos dizer que o crime tem relação com as atividades da vítima”, afirmou.

Segundo o G1, a Associação Brasileira de Jornalismo Investigativo (Abraji) afirmou em nota que "mobilizou a equipe do Programa Tim Lopes (que atua para combater a impunidade em crimes envolvendo comunicadores) para colher informações, podendo ampliar a investigação para que o caso seja devidamente apurado, se houver indícios de relação entre a morte e a atividade jornalística da vítima".

Os últimos posts no site, na página no Facebook e no perfil no Twitter do jornal O Maricá são datados de 25 de maio, dia em que Giorno foi morto.




Assine nossa newsletter semanal “Jornalismo nas Américas”

Boletim Semanal (Português)
Boletín Semanal (Español)
Weekly Newsletter (English)
 
Marketing by ActiveCampaign

Facebook