Knight Center
Knight Center

Blog JORNALISMO NAS AMERICAS

Jornalista e apresentador de TV que havia recebido ameaças é assassinado em Honduras




*Esta história está em desenvolvimento e será atualizada.

O jornalista Edgar Joel Aguilar foi morto a tiros em uma barbearia em La Entrada, Copán, na região oeste de Honduras, em 31 de agosto de 2019.

Edgar Joel Aguilar (Facebook)

De acordo com um porta-voz da polícia, Aguilar, correspondente do Canal 6 e apresentador de notícias da Cablemar TV, estava sendo observado e seguido por pessoas desconhecidas no dia anterior à sua morte e foi às autoridades para solicitar proteção, informou El Heraldo. Eles forneceram proteção até ele chegar em casa, acrescentou o site.

Veículos de imprensa e organizações relataram datas diferentes em que Aguilar teria sido alvo de ataques contra sua vida ou de ameaças antes de ser assassinado.

El Heraldo citou autoridades dizendo que o jornalista foi atacado em 2008 e novamente em 2017; e que ele havia recebido proteção, que lhe foi retirada recentemente.

A organização hondurenha de liberdade de expressão C-Libre disse que Aguilar foi atacado com um rifle R-15 em 27 de abril de 2012.

O Comissário Nacional dos Direitos Humanos (CONADEH) disse que o carro que ele dirigia foi baleado várias vezes em abril de 2014.

C-Libre disse que Aguilar também recebeu ameaças de morte por WhatsApp e Facebook em fevereiro de 2017. Ele "recebeu um prazo para abandonar seu trabalho informativo em um canal em que trabalhava na época", afirmou a organização.

Aguilar é o terceiro jornalista assassinado em Honduras neste ano, segundo C-Libre.




Assine nossa newsletter semanal “Jornalismo nas Américas”

Boletim Semanal (Português)
Boletín Semanal (Español)
Weekly Newsletter (English)
 
Marketing by ActiveCampaign

Facebook