Knight Center
Knight Center

Blog JORNALISMO NAS AMERICAS

Jornalista colombiano é ameaçado de morte após divulgar vídeo de violência policial no YouTube



Um ativista e jornalista colombiano, após ser ameaçado de morte por subir um vídeo no YouTube com registro da violência policial, decidiu sair de Huila, sua cidade natal na Colômbia, informou a Fundação para Liberdade de Imprensa (FLIP).

Segundo explicou o Comitê para a Proteção dos Jornalistas (CPJ), Bladimir Sánchez Espitia gravou um vídeo que mostrava como a polícia tratava violentamente “manifestantes que protestavam contra a construção de uma hidrelétrica no departamento central de Huila”.

Sánchez contou à Repórteres Sem Fronteiras (RSF) que decidiu deixar a região “temporariamente” ao ser acusado de “atuar contra as forças de segurança” e de ser “pago pelas guerrilhas”.

No vídeo, chamado “O vídeo que o governo colombiano não quer que vejamos”, foi visto mais de meio milhão de vezes e “é o vídeo de jornalismo cidadão mais acessado na história do país”, de acordo com Publimetro.




Assine nossa newsletter semanal “Jornalismo nas Américas”

Boletim Semanal (Português)
Boletín Semanal (Español)
Weekly Newsletter (English)
 
Marketing by ActiveCampaign

Facebook