Knight Center
Knight Center

Blog JORNALISMO NAS AMERICAS

Jornalista de rádio haitiano é assassinado a tiros em violento bairro da capital do país




Um jornalista de rádio haitiano foi morto a tiros na segunda-feira 5 de março em Cité Soleil, bairro mais pobre da capital do país, Porto Príncipe, informou a Repórteres Sem Fronteiras.

Jean Liphète Nelson, gerente da emissora comunitária e educativa Radio Boukman e conhecido por seu trabalho humanitário, estava em um carro da rádio com outras quatros pessoas quando o veículo foi atacado por homens armados, informaram a rádio Kiskeya e a AlterPresse. Nelson foi levado para um hospital, mas não resistiu. Outro passageiro, Alexandre Marcus, morreu no local. O irmão de Nelson, que também estava no carro, foi baleado na perna, acrescentou a Repórteres Sem Fronteiras.

Embora o motivo do assassinato do jornalista ainda seja desconhecido, a Repórteres Sem Fronteiras afirmou que não se deve excluir a possibilidade de Nelson ter sido morto por sua atuação jornalística, segundo a EFE. A rádio Kiskeya acrescentou que a vizinhança na qual o profissional foi morto é reconhecidamente violenta e considerada uma área a ser evitada.

Caso o crime tenha sido motivado pela atuação de Nelson como jornalista, não será a primeira vez que profissionais de rádios comunitárias são atacados. Em abril de 2011, a emissora comunitária haitiana Tèt Ansanm Karis foi destruída por um incêndio. Ninguém ficou ferido, mas as instalações e todo o equipamento se perderam, deixando a área sem nenhuma rádio local.



No comments

Comentar

O conteúdo deste campo é privado não será exibido ao público.
By submitting this form, you accept the Mollom privacy policy.


Assine o boletim semanal

Receba nosso boletim semanal sobre jornalismo nas Américas.

Escolha seu idioma:

English
Español
Português

Por favor, digite seu e-mail:

Facebook

Comentários recentes