Knight Center
Knight Center

Blog JORNALISMO NAS AMERICAS

Chávez ameaça confiscar ações da Globovisión



O presidente da Venezuela, Hugo Chávez, ameaçou expropriar as ações da Globovisión de propriedade de um banqueiro - aumentando as pressões sobre o último canal crítico do governo no país, informou a Reuters.

O governo decretou intervenção no Banco Federal, presidido por Nelson Mezerhane, alegando problemas de liquidez. O empresário é dono de 20% das ações do canal, cujo principal acionista, Guillermo Zuloaga, se encontra foragido para evitar o cumprimento de uma ordem de prisão, explica a EFE. Chávez declarou que as ações poderiam ser expropriadas como garantia aos correntistas do banco caso Mezerhane, que está fora do país, não retorne para apresentar-se à Justiça, afirmou o jornal El Universal.

A advogada da Globovisión, Perla Jaimes, disse a El Nacional que o governo não pode se apropriar das ações da Globovisión, que, argumentou, é uma empresa independente do banco sob intervenção. Os funcionários do canal divulgaram um comunicado defendendo a posição editorial da emissora, com o apelo direcionado a Chávez: "o jornalismo que se exerce com honestidade não se expropria nem confisca."


Other Related Headlines:
» Relator da ONU pede a Chávez que interrompa perseguição a TV opositora (Reuters )
» Jornalismo venezuelano na mira (Inter Press Service)

No comments

Comentar

O conteúdo deste campo é privado não será exibido ao público.
By submitting this form, you accept the Mollom privacy policy.


Assine o boletim semanal

Receba nosso boletim semanal sobre jornalismo nas Américas.

Escolha seu idioma:

English
Español
Português

Por favor, digite seu e-mail:

Facebook

Comentários recentes