Knight Center
Knight Center

Blog JORNALISMO NAS AMERICAS

Collor divulga parecer que ameaça lei de acesso à informação brasileira, diz Artigo 19



O senador Fernando Collor (PTB-AL) voltou a defender o sigilo eterno para documentos considerados “ultrassecretos” em parecer apresentado nesta segunda-feira, 22 de agosto, sobre o projeto de lei de acesso a informações oficiais, informou a Folha de S. Paulo.

Em nota, a organização Artigo 19, que trabalha na promoção e defesa da liberdade de expressão e do acesso à informação, observou que, caso aprovado, o parecer provocaria um retrocesso ao direito à informação no Brasil.

“Collor defende a supressão de diversas adaptações a boas práticas e padrões internacionais feitas ao texto original do projeto durante audiências públicas na Câmara de Deputados, excluindo obrigações de divulgação pró-ativa de informações de interesse público, a possibilidade de requerer informação sem necessidade de justificativa e o estabelecimento de um prazo máximo no qual uma informação pode ser mantida em sigilo, entre outras”, criticou a entidade.

No relatório, o parlamentar manifesta-se a favor da aprovação da proposta original enviada ao Congresso, em 2009, pelo então presidente Luiz Inácio Lula da Silva, de acordo com o G1. No ano passado, a Câmara modificou o texto e limitou a uma única vez a possibilidade de renovação do prazo de sigilo. Com isso, documentos classificados como ultrassecretos seriam divulgados em no máximo 50 anos.

Collor ainda disse ser contrário à obrigatoriedade de divulgação das informações oficiais na internet. "Trata-se de uma espécie de oficialização do Wikileaks, com todos os seus inconvenientes e perigos", afirmou, citado pela Agência Estado.

Especialista em transparência, o jornalista Fabiano Angélico analisou em seu blog todas as alterações propostas pelo “ex-presidente, que não cumpriu seu mandato até o fim, tendo sido expelido da Presidência em fins de 1992 sob a acusação de corrupção”. E o resumo, segundo Angélico, é o seguinte: “o substitutivo de Collor esvazia completamente o PLC 41, alterando pontos cruciais do projeto”.

O relatório de Collor está na pauta da Comissão de Relações Exteriores. O governo trabalha para derrotar a proposta ainda na comissão. Se aprovada, a matéria segue para o plenário do Senado, explicou a Folha.com.

Para mais detalhes sobre as leis de acesso à informação e a evolução do assunto na América Latina, veja o mapa do Centro Knight sobre o assunto.


Other Related Headlines:
» Centro Knight (Lei de acesso a informações públicas: pelo direito de saber)
» Centro Knight (A luta contra a cultura do sigilo de informações públicas na América Latina)
» Observing Brazil (Brazil’s Long-Awaited Freedom of Information Bill Once Again Under Threat)

2 comments

 
Vania wrote 6 anos 8 semanas ago

Revolta

Fico indignada como um sujeito como Fernando Collor consegue se eleger senador!!!Moro no Japão por causa desse politico!Minha familia perdeu tudo no plano Collor.

 
Renato Freitas wrote 6 anos 12 semanas ago

Senador Fernando Collor é contra liberdade de expressão

O senador Fernando Collor (PTB-AL), parece não ter muito que fazer. Pois, se levantou essa semana em defesa de uma lei contra o artigo 19, que favorece a liberdade de expressão. Esse senhor que alguns alagoanos o elegeram senador pelo o seu Estado, não merece ser digno de representá-lo, muito menos toda uma sociedade democrática. Pois, esse senador, já provou certa vez como Presidente da República, que ele é incapaz de ser um democrata, porque os seus anseios são contrários a uma liberdade democrática com uma liberdade de expressão. Por isso, ele defende a lei do sigilo eterno. Talvez o senador Collor, tenha algo que seja necessário manter dentro do sigilo.

Comentar

O conteúdo deste campo é privado não será exibido ao público.
By submitting this form, you accept the Mollom privacy policy.






Assine aqui a nossa newsletter semanal!

Nome Completo

Email *
Selecione as listas que deseja subscrever
Boletim Semanal (Português)

Boletín Semanal (Español)

Weekly Newsletter (English)
email marketing
by activecampaign

Facebook

Comentários recentes