Knight Center
Knight Center

Blog JORNALISMO NAS AMERICAS

Dois novos estudos analisam o uso das mídias sociais e o acesso a notícias nos EUA




Em geral, nos Estados Unidos, as pessoas gastam apenas pequena parte do tempo que passam na internet com notícias, em comparação com as redes sociais, e a nova geração de usuários está usando as mídias sociais e a TV para se informar, segundo dois novos estudos divulgados esta semana.

Segundo um estudo da Nielson divulgado na segunda-feira 12 de setembro, chamado "Situação da Mídia: O relatório das mídias sociais," as pessoas nos EUA passam 22.5% de seu tempo na internet em redes sociais e blogs, contra apenas 2.6% em sites de notícias.

Entre as conclusões do estudo, estão:
* Aproximadamente 4 de cada 5 usuários de internet ativos acessam redes sociais e blogs;
* Os americanos gastam mais tempo no Facebook do que em qualquer outro site dos EUA;
* Quase 40% dos usuários de redes sociais as acessam a partir do telefone;
* Os aplicativos de socialização estão em terceiro lugar entre os mais utilizados por usuários de smartphones nos EUA.

Um outro estudo, da Fundação Knight, sobre as mídias sociais e a primeira emenda da Constituição americana (que estabelece os direitos à liberdade de expressão e imprensa, entre outros) mostra que, entre os estudantes de ensino médio dos EUA, há uma "clara e positiva" relação entre o uso das mídias sociais e um maior apoio à livre expressão." No entanto, a maioria dos professores não apoia a liberdade de expressão para os estudantes, diz a pesquisa.

Além disso, 92% dos alunos do ensino médio afirmaram ser importante estar bem informado, enquanto 88% disseram que os jornais são muito ou um pouco confiáveis. Mas apenas 42% contaram ler matérias impressas. Só 42% disseram que as redes sociais são fontes confiáveis de informação, embora 56% tenham afirmado que as mídias sociais são sua principal fonte de notícias.



1 comentar

 
Jeferson wrote 2 anos 30 semanas ago

Bom, isso esta ficando claro

Bom, isso esta ficando claro para todos, e não é só nos EUA a internet é pouco usada para informação e cultura, e muito usada para redes sociais, o que por vezes faz as pessoas serem em certo ponto ignorantes.

Comentar

O conteúdo deste campo é privado não será exibido ao público.
By submitting this form, you accept the Mollom privacy policy.


Assine o boletim semanal

Receba nosso boletim semanal sobre jornalismo nas Américas.

Escolha seu idioma:

English
Español
Português

Por favor, digite seu e-mail:

Facebook

Comentários recentes