Knight Center
Knight Center

Blog JORNALISMO NAS AMERICAS

Lidando com os aspectos éticos da divulgação de fotos de Osama bin Laden morto




Numa decisão que levantou questões sobre a ética no fotojornalismo, o presidente americano, Barack Obama, vetou a divulgação de fotos de Osama bin Laden morto, informaram diversas agências de notícias.

Obama disse ao jornalista Steve Kroft, do programa "60 Minutes", que não divulgará as imagens para evitar que elas sejam usadas para "incitar mais violência": Osama bin Laden não é um troféu, afirmou.

Para Harold Evans, do The Daily Beast, Obama tomou a decisão certa. Segundo ele, a publicação de tais imagens deve ter um propósito claro e considerar questões como: A importância histórica ou social do fato justifica o impacto gerado por imagens violentas? Esse nível de detalhe é necessário para se entender a magnitude do incidente? Publicar uma foto do cadáver de Bin Laden, concluiu Evans, não faria mais do que “satisfazer uma curiosidade mórbida”.

Já Deborah Copaken Kogan escreveu para a Reuters que a decisão é perigosa, pois contar apenas com imagens apresentáveis pode distorcer a história.

O Poynter também discutiu como os jornalistas poderão lidar com a decisão de publicar imagens explícitas, caso fotos do cadáver de bin Laden vazem para a imprensa.




Assine nossa newsletter semanal “Jornalismo nas Américas”

Boletim Semanal (Português)
Boletín Semanal (Español)
Weekly Newsletter (English)
 
Marketing by ActiveCampaign

Facebook