Knight Center
Knight Center

Blog JORNALISMO NAS AMERICAS

O futuro das notícias passa pelos e-readers?




Tablets como o iPad têm dominado as discussões sobre o futuro do jornalismo. Veículos de imprensa criam aplicativos para esses aparelhos, acreditando em seu potencial como plataforma digital de consumo de notícias. No entanto, um estudo do Pew Internet and American Life Project feito com americanos mostra que a popularidade dos e-readers (para a leitura de livros eletrônicos), como o Kindle e o Nook, é maior do que a dos tablets (com funções variadas).

Segundo o estudo, o número de americanos adultos que possuem e-readers dobrou de 6% em novembro de 2010 para 12% em maio de 2011, explicou a EFE. Já o dos quem têm tablets subiu de 5% para 8% no mesmo período.

Comentaristas da Wired e da Mediapost sugerem que o relativo sucesso dos e-readers se deve tanto ao preço – um iPad básico custa aproximadamente 400 dólares a mais do que um Kindle simples – como ao fato de que os e-readers lembram mais a leitura de um livro.”

E o que isso significa para jornalistas e empresas de comunicação? Amy Gahran, do Knight Digital Media Center (KDMC), dá sugestões para que os veículos tirem proveito da plataforma:
• Vender assinaturas para e-readers por meios das diversas "bancas" disponíveis nos próprios aparelhos;
• Reformular as reportagens longas para oferecê-las como e-books, assim como o New York Times e o ProPublica começaram a fazer no início do ano;
• Divulgar o conteúdo para os e-readers nos canais disponíveis, como mídias sociais e sites.


Other Related Headlines:
» Centro Knight (O jornalismo em busca de um modelo sustentável)

No comments

Comentar

O conteúdo deste campo é privado não será exibido ao público.
By submitting this form, you accept the Mollom privacy policy.


Assine o boletim semanal

Receba nosso boletim semanal sobre jornalismo nas Américas.

Escolha seu idioma:

English
Español
Português

Por favor, digite seu e-mail:

Facebook

Comentários recentes