Knight Center
Knight Center

Blog JORNALISMO NAS AMERICAS

Twitter dá "furo" da morte de Osama bin Laden




Em mais uma demonstração do poder das mídias sociais, a notícia da morte de Osama bin Laden foi divulgada primeiramente no Twitter, informou o New York Times.

Keith Urbahn, que foi chefe de gabinete do ex-secretário de Defesa dos EUA Donald Rumsfeld, teria dado o "furo" ao postar o seguinte comentário: “Fui informado por uma pessoa de confiança que mataram Osama bin Laden.”

Segundo o CNET News, embora o Twitter já tenha dado outros "furos" anteriormente, como o pouso de emergência de um avião no Rio Hudson, em Nova York, a morte de bin Laden "foi, de longe, a notícia mais importante que o Twitter já ajudou a espalhar."

O Twitter também foi o primeiro a noticiar que Barack Obama faria um pronunciamento ao vivo sobre uma questão de segurança nacional. O Twitter registrou 4 mil tweets por segundo durante a fala do presidente americano, de acordo com o New York Times.

Assim como a CNN ganhou importância após o início da primeira Guerra do Golfo, na década de 1990, agora é a vez de o Twitter brilhar, escreveu Matt Rosoff para o Business Insider. "O Twitter foi mais rápido, mais preciso e mais interessante do que qualquer outra fonte de informação", disse.

O Huffington Post mostrou como diferentes sites cobriram a notícia da morte de Osama bin Laden.




Assine nossa newsletter semanal “Jornalismo nas Américas”

Boletim Semanal (Português)
Boletín Semanal (Español)
Weekly Newsletter (English)
 
Marketing by ActiveCampaign

Facebook