Knight Center
Knight Center

Blog JORNALISMO NAS AMERICAS

Vivian Schiller: sete razões para sermos otimistas com o jornalismo digital




Na palestra entitulada "Razões para ser feliz: Uma visão otimista sobre o Estado de Jornalismo Digital", Vivian Schiller deu sete razões para vermos com otimismo o futuro da profissão.

Schiller, que renunciou ao cargo de presidente da rede pública de rádio dos EUA, a NPR, no início deste mês, após uma série de gafes embaraçosas na empresa, deu a palestra no 12º Simpósio Internacional de Jornalismo Online, que começou hoje.

Veja as razões apontadas pela jornalista:

1. Os consumidores de notícias estão prontos para dar uma sacudida nos sistemas de pagamento online dos jornais, diz Schiller, referindo-se ao modelo de pagamento por conteúdo do The New York Times, que entrou em vigor esta semana. Em seus anos como executiva do The New York Times, ela foi uma "fanática opositora desse tipo de pagamento", mas mudou de idéia.

2. Apropriação local de notícias. Ainda que vários provedores de conteúdo local estejam produzindo, isso ainda não satisfaz a definição tradicional de "jornalismo", diz Schiler lembrando que a publicidade local representa uma parcela maior do orçamento geral de anúncios que há um ano. Particularmente bem posicionada, ela diz que são os jornais locais e estações de rádio públicas.

3. O poder emergente do Twitter como um veículo de captação de notícias. O Twitter tem se mostrado especialmente importante como instrumento de captação e checagem de notícias na cobertura recente dos acontecimentos na África.

4. "Aplicativos são o santo graal do engajamento." Quase metade dos consumidores dos EUA estão recebendo as suas notícias a partir de telefones celulares e tablets.

5. Os websites não estão mortos. Mesmo que o público esteja acessando notícias de variadas formas, "a velha web" continua a guiar o público às empresas de notícias, como a NPR, diz ela.

6. As empresas de notícias finalmente parecem estar dispostas a ter novos negócios e fazer parcerias para além do seu negócio central, sem medo de prejudicá-lo. Entre seus exemplos: a criação do site Trove pelo Washington Post , que permite aos usuários personalizar suas notícias correntes com base em seus interesses.

7. "Os nativos digitais estão crescendo, e eles se preocupam com o jornalismo. Eles vão reinventar o modelo de negócios. Minha geração não. Não podemos, não está em nosso DNA. Nós seremos sempre os visitantes no planeta que os nativos digitais habitam e, ultimamente, comandam."


Other Related Headlines:
» Vivian Schiller’s seven reasons to be cheerful about journalism (Reportr.NET)

No comments

Comentar

O conteúdo deste campo é privado não será exibido ao público.
By submitting this form, you accept the Mollom privacy policy.


Assine o boletim semanal

Receba nosso boletim semanal sobre jornalismo nas Américas.

Escolha seu idioma:

English
Español
Português

Por favor, digite seu e-mail:

Facebook

Comentários recentes