Knight Center
Knight Center

Segurança de candidato a senador algema jornalista no Alasca




Um jornalista do Alasca, nos Estados Unidos, disse que foi algemado e detido por membros da segurança privada do candidato ao Senado pelo Partido Republicano, Joe Miller, de acordo com a NPR.

O incidente aconteceu no domingo, 17 de outubro, na sede do governo, depois que o jornalista Tom Hopfinger, fundador e editor do site de notícias online Alaska Dispatch, tentou fazer uma pergunta a Miller, contou o NPR. Os seguranças do candidato disseram a Hopfinger que, se ele não parasse de fazer perguntas, seria preso por invasão de propriedade, mesmo estando em um evento público e em um prédio público.

Quando Hopfinger continuou fazendo perguntas, ele foi algemado e “sequestrado” por pelo menos 30 minutos, segundo o Alaska Dispatch. Ele foi liberado quando a polícia chegou.

Miller, que anunciou que não responderia a nenhuma questão sobre seu passado, afirmou no site de sua campanha que os seguranças detiveram o jornalista porque ele pareceu "irracional" e “potencialmente violento”, e eles não sabiam que ele estava cobrindo o evento. A versão de Miller menciona Hopfinger diversas vezes como um blogueiro e não um jornalista.

O Alaska Dispatch e outros veículos entraram na Justiça pedindo o acesso a documentos do tempo em que Miller era procurador do governo, informou a Associated Press.



Responder

O conteúdo deste campo é privado não será exibido ao público.
By submitting this form, you accept the Mollom privacy policy.


Assine o boletim semanal

Receba nosso boletim semanal sobre jornalismo nas Américas.

Escolha seu idioma:

English
Español
Português

Por favor, digite seu e-mail: