Knight Center
Knight Center

Suspeito de matar jornalista em São Paulo é preso



Um homem foi preso neste sábado, 13 de agosto, em São Paulo, por suspeita de ter participado do assalto que resultou na morte do jornalista Walter Pimentel, de 43 anos, informou o G1. Ele foi reconhecido na rua por uma testemunha que teria visto um retrato falado divulgado pela polícia, de acordo com o Terra.

Segundo a Secretaria de Segurança Pública de São Paulo (SSP-SP), a Justiça já decretou a prisão preventiva do suspeito, que foi transferido ainda ontem para a carceragem do 77º DP. Ele ainda não foi ouvido pela polícia, já que estava sob efeito de drogas no momento da prisão.

Cerca de dez pessoas já prestaram depoimento sobre o assassinato, noticiou o site da Band. O delegado Pedro Luis de Souza declarou que a família de Pimentel deve começar a ser ouvida na semana que vem.

O jornalista foi baleado na cabeça em 5 de agosto, quando passava suas compras no caixa do supermercado. Segundo a polícia, ele teria tomado um susto e, a partir de uma reação involuntária, acabou sendo ferido. A vítima ainda recebeu atendimento em um hospital, mas não resistiu aos ferimentos. Pimentel trabalhava no setor de pesquisa da Gazeta Press, agência de fotos e notícias esportivas do grupo Gazeta Esportiva.



Responder

O conteúdo deste campo é privado não será exibido ao público.
By submitting this form, you accept the Mollom privacy policy.


Assine o boletim semanal

Receba nosso boletim semanal sobre jornalismo nas Américas.

Escolha seu idioma:

English
Español
Português

Por favor, digite seu e-mail: