Knight Center
Knight Center

Blog JORNALISMO NAS AMERICAS

Enviados da ONU e da OEA pedem ao México que reconheça violência e proteja jornalistas



Frank La Rue e Catalinta Botero, relatores das Nações Unidas e da Organização dos Estados Americanos para a liberdade de expressão, revelaram as observações preliminares de sua visita conjunta ao México e alertaram que a situação no país é grave, informaram a BBC Mundo e El Universal.

De acordo com os relatores, o México se tornou o país mais perigoso das Américas para jornalistas, acrescenta La Jornada. La Rue e Catalina criticaram a impunidade generalizada e a falta de ação do governo frente aos ataques do crime organizado contra a imprensa, e destacaram a necessidade de maior autonomia e recursos para a repressão desse tipo de agressão, dizem La Crónica de Hoy e a AFP.

Segundo a EFE, os dois enviados da ONU e da OEA também lamentaram não terem se encontrado com o presidente Felipe Calderón durante sua visita de duas semanas ao país.




Assine nossa newsletter semanal “Jornalismo nas Américas”

Boletim Semanal (Português)
Boletín Semanal (Español)
Weekly Newsletter (English)
 
Marketing by ActiveCampaign

Facebook