Knight Center
Knight Center

Topic “assassinato”

Radialista é morto no interior da Bahia; Brasil já tem quatro assassinatos de comunicadores em 2018

O radialista brasileiro Marlon de Carvalho Araújo, de 37 anos, foi assassinado no dia 16 de agosto dentro de sua casa em Riachão de Jacuípe, na Bahia, na região nordeste do Brasil. A polícia suspeita que o crime tenha sido motivado pelo "jeito agressivo de dar notícias" do profissional, segundo informou o portal G1. Leia mais »


Programa Tim Lopes, da Abraji, investiga segundo caso como parte de campanha contra impunidade em assassinatos de jornalistas

As pessoas que conheciam o radialista Jairo Sousa ainda estão em choque por sua morte.

Elas dizem que ele era muito combativo e “denunciava licitações suspeitas, superfaturamento em compras em Secretarias [do município]. Ele fazia críticas à atual prefeitura, a alguns vereadores e até empresários”, disse ao Centro Knight Angelina Nunes, coordenadora do Programa Tim Lopes de Proteção a Jornalistas, da Associação Brasileira de Jornalismo Investigativo (Abraji). Leia mais »


Assistente de repórter de polícia é morto em Guanajuato, México

Juan Carlos Hernández Ríos, de 29 anos, foi morto a tiros ao chegar em sua casa na noite de 5 de setembro no estado mexicano de Guanajuato. Os assassinos eram dois homens desconhecidos que, segundo os vizinhos, estavam esperando por ele por horas. Hernández morreu no hospital, informou o site mexicano Sin Embargo.  Leia mais »


Guarda-costas de diretora de canal a cabo independente é assassinado na Guatemala


Viltor García, um guarda-costas da diretora de canal a cabo Karen Rottman, tinha acabado de terminar seu turno no dia 19 de outubro quando foi morto a tiros por agressores que estavam em um veículo com vidros fumê na cidade de Guatemala, informou a organização Repórteres Sem Fronteiras (RSF). Rottman é diretora do Vea Canal, um canal a cabo independente que critica o governo do país. Leia mais »


Organização internacional lança campanha para engajar a sociedade na luta contra a morte de jornalistas

O Comitê para Proteção dos Jornalistas (CPJ), organização internacional que defende o direito dos jornalistas de exercer a profissão sem medo de ameaças, lançou na quinta-feira, 6 de dezembro, a campanha digital “Fale de Justiça: Vozes Contra a Impunidade”. Leia mais »


Suspeito de matar jornalista mexicana diz ter confessado o crime sob tortura


O suspeito preso pelo assassinato da jornalista mexicana Regina Martínez disse ter sido torturado para confessar o crime e voltou atrás, informaram profissionais de imprensa do estado de Veracruz ao Comitê para a Proteção dos Jornalistas (CPJ). Leia mais »


Após críticas de revista, autoridades prendem suposto assassino de jornalista mexicana


A promotoria do estado mexicano de Veracruz prendeu um homem acusado de matar a jornalista Regina Martínez, assassinada em sua casa em abril passado. Leia mais »



Assine nossa newsletter semanal “Jornalismo nas Américas”

Boletim Semanal (Português)
Boletín Semanal (Español)
Weekly Newsletter (English)
 
Marketing by ActiveCampaign