Knight Center
Knight Center

Blog de Natalia Mazotte

hospedado em JORNALISMO NAS AMERICAS

Natália Mazotte é mestre em Comunicação e Cultura pela Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ), onde também cursou a graduação em jornalismo. É bacharel em direito pela Universidade Federal Fluminense (UFF). Trabalha como jornalista no Centro Knight para o Jornalismo nas Américas e tem participado de diversos projetos e comunidades ligados ao acesso à informação e ao jornalismo de dados, como Hackday Rio, Open Knowledge Foundation Brasil e Transparência Hacker. Atualmente faz parte do MediaLab UFRJ e da Escola de Dados. Já trabalhou nas Organizações Globo, no setor de comunicação do Ministério Público do Rio de Janeiro e no Instituto Brasileiro de Análises Sociais e Econômicas (Ibase), onde foi editora do projeto Canal Ibase.

Recent Blog Posts:

Sem cobrança, lei de acesso à informação brasileira pode demorar a sair do papel

O projeto de lei que regulamenta o direito constitucional à informação pública no Brasil passou pela prova de fogo da votação no Senado no dia 25 de outubro. Leia mais »


Jornalista de Rondônia diz ter sido ameaçado por delegado da Polícia Federal durante depoimento

O jornalista Everaldo Fogaça denunciou ter sofrido ameaças do delegado Eduardo Brun de Souza durante depoimento para esclarecer a publicação de um manifesto do Diretório Central dos Estudantes (DCE) da Universidade Federal de Rondônia, informou o Jornal O Globo. Os alunos da universidade estão em greve. Leia mais »


Lei de acesso à informação pública no Brasil é aprovada no Senado e aguarda sanção presidencial

Transcorridos dois anos desde que a proposta inicial foi apresentada ao Congresso Nacional, o Senado brasileiro aprovou a Lei de Acesso às Informações Públicas nesta terça-feira, 25 de outubro, informou o G1. A jornada brasileira pela aprovação desta lei contou com os esforços de organizações como a Associação Brasileira de Jornalismo Investigativo (Abraji), a ONG Artigo 19 e o Centro Knight para o Jornalismo nas Américas, além de jornalistas como Fernando Rodrigues, que liderou a campanha pelo direito à informação no Brasil. O texto agora aguarda a sanção presidencial. Leia mais »


Equipe de TV venezuelana de oposição é agredida enquanto cobria protestos

Uma equipe de reportagem do canal de TV Globovisión foi agredida por um grupo de supostos funcionários da prefeitura do município Plaza na última quarta-feira, 19 de outubro, quando cobriam um protesto de moradores da cidade de Guarenas, perto de Caracas, capital do país, segundo informações do Instituto Imprensa e Sociedade. Leia mais »


Polícia prende suspeitos de assassinar jornalista no MT

Dois suspeitos de envolvimento no assassinato do jornalista Auro Ida foram presos na segunda-feira, 17 de outubro, em Cuiabá, capital do estado de Mato Grosso, informou o Diário de Cuiabá. Leia mais »


Emissora venezuelana cogita recorrer à OEA de multa milionária

A aplicação de uma multa de US$2,1 milhões à Globovisión, canal de televisão crítico ao presidente da Venezuela, Hugo Chávez, levou a emissora a cogitar fazer uma denúncia à Corte Interamericana de Direitos Humanos, vinculada à Organização dos Estados Americanos (OEA) – caso o recurso apresentado a um tribunal venezuelano seja rejeitado, informou a Agência O Globo. Leia mais »


RSF alerta para os ataques da polícia contra a liberdade de informar no Chile

A organização de defesa da liberdade de expressão Repórteres Sem Fronteiras (RSF) denunciou os ataques das forças de segurança chilenas contra a liberdade de informar nesta quarta-feira, 18 de outubro, às vésperas de outros protestos convocados pelo movimento estudantil. Leia mais »


Jornalista é preso na Bahia por se recusar a apagar imagens de abordagem policial em Parada Gay

Um jornalista foi detido após se recusar a apagar fotos de uma abordagem policial contra dois jovens que participavam, na tarde de domingo, 16 de outubro, da Parada Gay na cidade de Itabuna, sul da Bahia, informa o Correio 24 horas. Leia mais »


Canal de TV é multado em mais de US$2 milhões por cobertura jornalística na Venezuela

A Comissão Nacional de Telecomunicações (Conatel) da Venezuela impôs nesta terça-feira, 18 de outubro, uma multa de cerca de US$ 2 milhões ao canal televisivo Globovisión, conhecido por uma linha editorial mais crítica ao governo do presidente Hugo Chávez, informou a Agência Efe. Leia mais »


Jornalista é preso por dar alarme falso de bomba em cidade chilena

O jornalista chileno Luis Gajardo Ebensperger foi preso após ser identificado como o autor de um falso aviso de bomba dado na última sexta-feira, 14 de outubro, durante um festival de cinema na cidade de Valdívia, no sul do Chile, Leia mais »



Assine o boletim semanal

Receba nosso boletim semanal sobre jornalismo nas Américas.

Escolha seu idioma:

English
Español
Português

Por favor, digite seu e-mail:

Facebook