Knight Center
Knight Center

JOURNALISM IN THE AMERICAS Blog

Cobertura norte-americana de agressão sexual envolvendo ex-presidente do FMI levanta debate entre analistas de mídia




A cobertura do caso de agressão sexual envolvendo Dominique Strauss-Kahn, demitido do mais alto posto do Fundo Monetário Internacional (FMI) após a eclosão do escândalo, tem provocado debate entre observadores de meios de comunicação franceses e norte-americanos.

Os veículos dos Estados Unidos, particularmente tablóides da cidade de Nova York, já condenaram Strauss-Kahn antes mesmo do julgamento, afirma um de seus amigos da elite, o filósofo e jornalista francês Bernard Henri-Lévy, em uma coluna no Daily Beast. Lévy apontou como exemplos o Daily Mail e o New York Post por suas manchetes, ambas com qualificativos negativos para o ex-presidente do FMI. No entanto, a defesa feita por Henri-Lévy foi criticada por Melissa Bell no Washington Post por colocar a culpa na vítima.

O blogueiro Tom McGeveran criticou a inexatidão de uma outra coluna de Henri-Lévy que ridicularizava a cobertura feita pelos tablóides nova-iorquinos.

Segundo o New York Times, os jornalistas franceses estão questionando sua própria integridade profissional enquanto cobrem uma história que é incrivelmente popular em Paris, de acordo com Philip Gourevitch do New Yorker.

Strauss-Kahn, casado com a célebre jornalista de televisão francesa Anne Sinclair e considerado uma aposta sólida para substituir o presidente Nicolas Sarkozy, foi acusado de estupro depois de supostamente ter agredido uma empregada de hotel de Nova York, no dia 14 de maio. Ele nega veementemente as acusações.



Newsletter

Subscribe to our weekly newsletter "Journalism in the Americas"

Boletim Semanal (Português)
Boletín Semanal (Español)
Weekly Newsletter (English)
 
Marketing by ActiveCampaign