texas-moody

Blog

knight-center-journalism

Curso em inglês ‘Investigações digitais para jornalistas’ já está disponível em versão autodirigida

Mais de 6 mil jornalistas do mundo todo se inscreveram no curso “Investigações digitais para jornalistas: como seguir a trilha digital de pessoas e entidades,” que foi ministrado de 5 de outubro a 1º de novembro de 2020. O curso ganhou agora uma versão autodirigida, ou seja, os recursos, como vídeo aulas, texto e ferramentas, estão disponíveis gratuitamente na plataforma de aprendizagem online do Knight Center, JournalismCourses.org.

“A melhor parte do curso foi descobrir centenas de novas ferramentas para o trabalho jornalístico. Eu tenho quase 30 anos de jornalismo, mas a maioria das ferramentas que eu conheci eram novas para mim,” disse o jornalista americano Joel Preston Smith, um dos alunos do curso.

O curso, liderado pelo premiado jornalista Craig Silverman, do BuzzFeed News, ensina como investigar e monitorar pessoas que são responsáveis por contas digitais nas redes sociais e que muitas vezes as usam para espalhar desinformação, atacar adversários políticos e mesmo jornalistas.

"Nós temos mais de 5.000 pessoas do mundo inteiro e todas elas parecem estar levando o material a sério e tendo grandes ideias," Silverman disse no início do curso.

“Eu fiquei mais consciente e cuidadoso sobre a prática de doxxing. O curso me ajudou a refinar minhas prioridades na hora de enquadrar uma história e me ensinou a evitar conteúdos irrelevantes. Eu comecei a re-checar todas as minhas matérias de forma mais diligente e intensa -- com muito mais paciência -- antes de clicar no botão de ‘enviar’ para os meus editores,” disse Raj Rangarajan, do International Press Syndicate, que também fez o curso.

Dividido em quatro módulos, o curso ensina como investigar pessoas e contas nas redes sociais, técnicas de busca para pesquisa e monitoramento, como investigar websites e como fazer análise de redes.

“Meu principal aprendizado é que as redes sociais são um arquivo incrível de tudo. Eu aprendi como fazer buscas de forma mais eficiente e como as usar para resolver tarefas complicadas. Eu vou usar essas novas habilidades tanto no meu trabalho como jornalista como na organização que fundei, Fakescape. Este projeto ensina estudantes a como verificar informação na internet, então as novas ferramentas que eu descobri são super úteis”, disse a jornalista tcheca e aluna do curso Tereza Kráčmarová.

Além de Silverman, outros instrutores que contribuíram para o curso foram Brandy Zadrozny, da NBC News; Jane Lytvynenko, também do BuzzFeed; e Johanna Wild, do Bellingcat. Além dos vídeos e textos, o curso conta também com exercícios para os alunos colocarem em prática o que aprenderam.

“Pretendo colocar em prática o que aprendi, utilizando as diferentes ferramentas ensinadas, a fim de tornar mais eficiente minha investigação jornalística. As formas específicas de pesquisar nos motores de busca, os diferentes plug-ins e os recursos de verificação de imagens são apenas algumas ferramentas que já estão tornando meu trabalho mais bem planejado e coerente,” disse a aluna e jornalista chilena Catalina Ramos.

“As ferramentas, habilidades e processos ensinados no curso também me ajudam a apurar melhor. Eles já tiveram um grande impacto na eficiência com que trabalho,” disse Smith. “Outra grande vantagem do curso é ter instrutores que são especialistas e que estão ativamente engajados em OSINT (Open source intelligence ou Inteligência de Fontes Aberta) e jornalismo. Saber a quem você está tendo acesso e a profundidade de conhecimento que eles têm me motiva a adotar as habilidades e técnicas que estão ensinando.

Assine nossos boletins

Inscrever-se